Revista ADEGA
Busca

Sugestões para proteger o espumante brasileiro


O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) se reuniu com produtores de vinho em Garibaldi para apresentar sugestões para garantir a proteção do espumante brasileiro. Entre elas destacam-se a busca por um nome próprio para individualizar a bebida. Outra também foi a proteção através das denominações de origem, que primam pela qualidade da bebida. Um exemplo bem sucedido disto é a indicação geográfica do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul.

Alexandre Saconi
Publicado em 02/10/2007, às 15h47 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias