Vinho - 09.Mar - Tragédia

Suspeito de causar incêndio em vinícolas dos EUA em 2005 agora se diz inocente


Suspeito de ter realizado tragédia tem mostrado novas versões para o desenrolar dos fatos. Mark Anderson é acusado de ter causado o incêndio em um armazém, onde eram armazenadas garrafas de 95 vinícolas de Napa Valley, região de Califórnia, e também de colecionadores.

Divulgação
Mark Anderson tenta retirar sua declaração de culpabilidade

O ocorrido chegou a causar um déficit de US$ 250 milhões em 2005 para a central de armazém de vinhos. O acusado, que havia realizado uma declaração de culpabilidade, agora nega o ocorrido.

De acordo com seu advogado, Anderson se declarou culpado de 19 acusações federais, incluindo incêndio e evasão fiscal, em um acordo com promotores, para ajudá-lo a evitar uma possível sentença de prisão perpétua, sem liberdade condicional.

No próximo dia 03 de maio será realizada uma audiência no tribunal federal de Sacramento, capital da Califórnia, para saber se será permitida a alegação de inocência ao acusado.

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Evento destaca as novidades vinícolas da região de Alicante, na Espanha
+ Concha y Toro compra uma das maiores vinícolas da Califórnia

+ Instituto Brasileiro do Vinho expõe suas insatisfações para o governador Tarso Genro

+ Documentário vai mostrar relações entre o mercado de vinhos de Bordeaux com a China

+ Grupo chinês adquire renomada marca de vinho francês

Da redação

Publicado em 9 de Março de 2011 às 12:54


Notícias