Vinho - 01.Dez - Sem álcool

Terra de Dom Quixote investe em vinho sem álcool


O cavaleiro Dom Quixote
Na Espanha tem se consumido 17 litros de vinho por pessoa ao ano, o que significa um consumo menor do que em outros tempos.

Castilla-La Mancha, onde se produz metade dos 40 milhões de hectolitros de vinho da Espanha, é uma das comunidades mais afetadas com esse problema. Acredita-se que um dos motivos da queda nas vendas de vinho na região seja a concorrência de outras bebidas com menor teor de álcool, como a cerveja, combinada com alta incidência de testes de bafômetro na região.

Para driblar essa adversidade, o Instituto da Vinha e do Vinho de Castilla-La Mancha (IVICAM) achou uma solução inusitada, ainda que plausível diante da situação: produzir um vinho sem álcool.

Fontes deste instituto esclareceram que a nova bebida não é suco de uva nem mosto. Eles esclarecem que o suco de uva consiste numa uva espremida, enquanto o "novo vinho" é um caldo no qual o álcool é eliminado, preservando todos os componentes do vinho.

Assim, reconstituem-se partes vinhos mais voláteis que o álcool - suprimido - para depois serem captados os odores e os sabores.

O lado espanhol do Douro - Assim como em Portugal, rio Douro banha as terras espanholas em uma região (Ribeira del Duero) de belas paisagens e vinhos clássicos.


Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Centenária, vinícola neozelandesa busca comprador

+ Mouton Rothschild divulga rótulo 2008
+ Rémy Cointreau põe à venda suas marcas de champagne

+ Vinho é enredo de Carnaval em São Paulo

+Patriarca do vinho californiano comemora 100 anos


Da redação

Publicado em 1 de Dezembro de 2010 às 13:22


Notícias