Revista ADEGA
Busca

Tony Blair troca vinhos franceses por cristal italiano


Sem medo de ofender seus vizinhos estrangeiros, Tony Blair publicou a lista de presentes oficiais recebidos no ano passado: ele conservou três de um total de 18 e preferiu ficar com uma jarra de cristal italiano do que com vinhos franceses.

O Código de Privilégios Britânico exige a publicação de presentes oficiais recebidos por membros do governo e proíbe que os funcionários fiquem com aqueles que excedam 260 libras. A partir deste valor, devem entregar os presentes a administração governamental ou comprá-los.

O primeiro-ministro desembolsou 280 libras por uma jarra de cristal ofertada pelo governo italiano, 370 libras por um conjunto de moedas comemorativas russas e 555 libras por uma gravura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, optando por abrir mão de algumas garrafas de vinhos oferecidas pela França.

Fernando Roveri
Publicado em 28/07/2006, às 12h41 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias