Vinho - 10.Fev - Crise

Um terço das vinhas da Austrália deveriam ser arrancadas, segundo professor


O professor acadêmico Larry Lockshin, da South Austrália University afirmou durante a quinta conferência sobre vinhos, a Academy of Wine Business Research, que a indústria australiana deveria remover 20 ou 30% das vinhas plantadas se quiser equilibrar a oferta e a demanda.

A fala do professor está fundamentada num relatório industrial que admitiu a produção de 40 milhões de garrafas além do necessário. Segundo Lockshin, apesar de os vinhos a granel serem os mais afetados, as uvas produzidas não estão sendo compradas pelos produtores "top", o que causa a 'morte' do setor.

O acadêmico ainda previu que se a situação continuar deste jeito, produtores e investidores vão começar a abandonar o setor.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Bordeaux lança novo sistema de redução de carbono
+ Coleção de Lloyd Flatt será leiloada em março
+ O Melhor Vinho do Dia: Ao belo e alegre carnaval de Veneza!

+ Latas de alumínio ganham espaço por serem menos prejudiciais
+ Mendoza se torna rota alternativa para turistas na América do Sul

Da redação

Publicado em 10 de Fevereiro de 2010 às 16:16


Notícias