Uma parceria de classe

Phantom, o último lançamento da Rolls-Royce, marca a união com a conceituada champagne Dom Pérignon


O lançamento do Rolls-Royce tem motor V12 e frigobar com duas garrafas de "Dom Pérignon"

Imagine dirigir um veículo de alto padrão e depois degustar uma taça de champagne da melhor qualidade, guardada dentro do carro. E o que é melhor, refrigerada. Isso tornou- se possível pela união de duas empresas: a Rolls-Royce Motor Cars, tradicional montadora de veículos, e a LVMH Group, produtora do prestigiado champagne Dom Pérignon. O resultado dessa iniciativa está ao alcance de quem desembolsar US$ 333.350,00 para adquirir o Phantom, lançamento da Rolls-Royce com motor V12 que atinge 240 quilômetros por hora. A cor da "máquina" é preto safira metálico. Ela é revestida de couro natural nas cores preto e cinza claro, com um carpete preto e tapetes de lã de carneiro. A novidade fica por conta de uma pequena geladeira localizada na parte traseira do veículo, abastecida por duas garrafas de Dom Pérignon.

#R#

Bebida abençoada
A abadia de Hautvillers foi fundada no século VII, no coração da região de Champagne, pela Ordem Beneditina. No século XVII, o monge Dom Pérignon, pertencente à abadia, dominou as técnicas de espumatização dos vinhos e tornou-se o pai espiritual do Champagne e um dos grandes visionários da enologia. Na corte de Louis XIV, seu contemporâneo, seu vinho era reconhecido como o melhor do mundo. A atual bebida que leva seu nome é considerado um champagne único, elaborado em safras excepcionais a partir das uvas Chardonnay e Pinot Noir.

Inspiração mitológica

Detalhes do interior do veículo

O surgimento do Rolls-Royce é, no mínimo, inusitado. Um lorde inglês chamado Charles Stewart Rolls, que gastava seu tempo com esportes de elite e aventuras, encomendou, ao torneiro mecânico de sua cidade, um motor veloz e ao mesmo tempo silencioso. O nome desse torneiro era Frederick Henry Royce, que havia fundado uma auto-elétrica em 1884. Ele atendeu ao pedido do aristocrata. Em 1904, o torneiro fez seu primeiro automóvel, "Royce" em sua fábrica, em Manchester. Em dezembro desse mesmo ano, o primeiro fruto dessa sociedade estava concluído. Nascia a Rolls and Royce Co. A inserção da mascote Espírito de Êxtase no capô do veículo foi uma inspiração da mitologia grega. A marca tornou-se a preferida entre diversos membros da aristocracia européia.

Fernando Roveri

Publicado em 16 de Abril de 2007 às 13:28


Simply The Best

Artigo publicado nesta revista