Revista ADEGA
Busca

União Européia começa discussão pela reforma do setor vinícola


A Organização Comum de Mercado do Vinho, formada pela Comissão Européia com o objetivo de manter um melhor equilíbrio entre oferta e procura do produto publicará, nesta quinta-feira, 22 de junho, as propostas para a reforma do setor. A Comissão é encarregada de discutir uma série de medidas destinadas a reformular e solucionar os problemas que o setor enfrenta atualmente.

A extinção de 400 mil hectares de vinhedos e o término dos direitos de plantação preparados pela Comissária de Agricultura, Marian Fischer, serão amplamente abordados. Segundo a agência EFE, deve haver uma profunda reforma que poderia se dividir em até duas etapas, buscando racionar melhor os mais de 1,2 milhões de euros investidos no orçamento. Outro tema a ser discutido é a forma de destilação dos vinhos, que passaria a ser feita através da divisão do orçamento passado para cada país membro da organização, além da possível proibição de adição de açúcar.

Fernando Roveri
Publicado em 21/06/2006, às 12h41 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h43


Mais Notícias