Vinho - 09.Set - Economia

Vendas de mosto e vinho a granel crescem na Argentina


Impulsionadas por uma boa colheita e bons preços internacionais, as vendas argentinas ao exterior tanto de vinho a granel como de mosto, já chegaram a mais de 100 milhões de dólares - o que significa um crescimento de 50% em relação ao ano passado.

Divulgação
Preparação do mosto
Com isso, é revertida a situação de fortes quedas por conta de colheitas escassas nos anos de 2009 e 2010, e a Argentina caminharia de novo à liderança dessa área. Na verdade, produtores do Velho Mundo, principalmente a Espanha, tinham avançado nesse tipo de negócio.

Entre janeiro e julho, foram vendidas ao exterior mais de 67 toneladas de mosto concentrado, 47% mais que no mesmo período de 2010, segundo o Instituto Nacional de Vitivinicultura (INV) da Argentina.

A exportação de vinho a granel somou mais de 300 mil hectolitros até julho, com um aumento de 56% em relação ao ano passado.

Para melhorar a rentabilidade, o setor avança em algumas propostas apresentar ao governo argentino, referentes a incentivos fiscais, com uma diminuição dos impostos de exportação, aumento de reembolsos, entre outros.

MAIS: Malbec argentino: vendas mundo afora só crescem

Mais notícias sobre vinhos...

+ Seguindo tradição de cervejaria, vinicultores dos EUA produzem cerveja especial

+ Rótulos de vinho se inspiram em imagens contemporâneas ao Império Romano

+ Regulamento de Montalcino não será alterado e os vinhos continuarão de 100% Sangiovese

+ Revista de vinhos cria aplicativo para iPad sobre Napa Valley

+ China vence na principal premiação de vinhos, o Decanter World Wine Awards

Da redação

Publicado em 9 de Setembro de 2011 às 08:13


Notícias