Vinho - 22.Jun

Vinhas são declaradas Monumento Histórico


Pela primeira vez na história uma vinícola ganha, por um lote de vinhas com mais de 200 anos, a classificação de Monumento Histórico. As vinhas, datadas entre 1800 e 1830, ficam na AOC Saint-Mont, em Gers, e cobrem uma área de 2 mil metrôs quadrados.

René Pédebernade e seu filho, Jean Pascal

Elas são de antes da epidêmia de filoxera e não nunca foram enxertadas, o que é uma prática normal atualmente.

O proprietário das vinhas, o produtor de 85 anos, René Pédebernade, ainda usa métodos tradicionais de cultivo. Elas ficam dispostas em direções perpendiculares e paralelas, ao invés de em uma linha única - esse método de cultivo foi abandonado no final de século 19.

As vinhas são uma mistura de 20 variedades de uvas brancas e tintas, incluindo Tannat, Fer Servadou, Muscadelle e outras setes variedades nomeadas de Pédebernade 1 a 7, em homenagem ao seu proprietário.

"As vinhas são um exemplo memorável de biodiversidade e resistência genética", disse o diretor da Wine Bureau de Saint-Mont, Eric Fitan. "E também são um vínculo com o tipo de cultivo feito antes da filoxera".

Mais notícias sobre vinhos...

Artista faz exposição de retratos feitos com vinho
Maison Lillet lança primeiro vinho desde 1962
Crushpad, empresa de vinhos personalizados, prevê fechamento
Primeira garrafa de vinho feita de papel chega ao mercado
Vendedor cria porta-vinhos robô em tamanho natural

Da redação

Publicado em 22 de Junho de 2012 às 08:11


Notícias