Revista ADEGA
Busca

17.Set - Seguindo o fluxo

Vinhedos da França estão sofrendo mudanças


França dá força a variedades mais conhecidas
Mesmo na França, onde a tradição do cultivo de vinho reina, os vinhedos estão mudando. Um novo estudo feito pela agência francesa Franceagrimer apontou mudanças notáveis na composição dos vinhedos atuais e os de 30 anos atrás. Uvas tradicionais, como as cinsault e as carignane estão sendo substituídas por variedades mais conhecidas, como merlot e syrah.

A França tem cerca de 2.13 milhões de acres em uso para o plantio de vinha. Atualmente, 162 variedades de uvas tintas são plantadas em 1.49 mi acres, e 109 variedades brancas ocupam o espaço de 642.480 acres. O número de tipos de uvas usadas para a produção de vinho tinto diminuiu 12% nas últimas três décadas, enquanto as uvas brancas sofreram queda de 20% no mesmo período. Dez variedades que antes representavam 57% do total de gêneros agora chegam à marca de 75%.

A variedade merlot é a mais plantada, tendo triplicado sua produção desde 1979. Mais da metade de área usada para o amadurecimento da vinha está na região de Bordeaux. Dois outros tipos, syrah e cabernet sauvignon também tiveram sua produção esticada, um aumento de 468% e 152%, respectivamente.

As novas plantações refletem a mudança no consumo de vinhos no país e no mundo inteiro. Variedades rústicas, que antes traziam rendimentos elevados, agora estão sendo substituídas. Mas alguns produtores estão preocupados com a falta de variedade que se desenha atualmente. Algumas vinícolas inclusive resistiram à onda, dando preferência a variedades esquecidas, com o intuito de oferecer novos sabores. Uma aliança cooperativa dos vinicultores do sul da França está neste grupo. "Nós tínhamos a possibilidade de usar uma porcentagem alta de uvas merlot, mas achamos que seria mais interessante fazer uma mistura de seis ou sete variedades de outras vinhas", afirmou Olivier Bourdet-Pées, diretor da cooperativa.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ O Brasil promissor

+ Vinhos com imagens de Hitler e Mussolini nos rótulos causam revoltas na Itália

+ Pesquisas conclusivas em Madri irão melhorar a qualidade das uvas

+ Seis a cada cem litros de vinho são espanhóis

+ O Melhor Vinho do dia: À economia portuguesa!

Redação
Publicado em 17/09/2009, às 14h09 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias