Vinho - 19.mar - Mercado

Vinho ajuda a movimentar comércio na páscoa


A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informou nesta terça-feira, 16, que o faturamento relacionado a produtos da páscoa deve subir 8,8%. Segundo levantamento da Abras, 51% dos supermercadistas acreditam que as vendas registraram melhora em relação a 2009, ao passo que 37% acreditam em estagnação e 12% em queda.

O vinho, como produto tradicionalmente consumido na páscoa, está na lista dos produtos afetados pela data. Espera-se um incremento no custo de 7,2% no atacado e 5,3% no varejo.  Outros itens, como ovos de Páscoa, colomba pascal, bombons e chocolates, bacalhau e peixes em geral apresentarão aumentos semelhantes.

De acordo com a Abras, os preços nominais dos produtos das cestas de Páscoa subiram em média de 5,2% em comparação ao ano passado, enquanto a quantia paga para os fornecedores pelo varejo no período subiu 6,8%.

A forte elevação nos preços pagos aos fornecedores, contudo, não representará um reajuste no preço cobrado aos clientes. Assim é com a maioria dos produtos. Para alguns, contudo, o preço final será maior, como é o caso dos vinhos importados (6,5% no atacado e 9% no varejo) e azeites (1,7% no atacado e 5,9% no varejo).

Ainda segundo o levantamento, todos os produtos pesquisados registraram aumento de demanda junto aos fornecedores.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Tannat faz do Uruguai uma estrela em ascensão
+ Historiador classifica vinho como "pilar da existência" do povo galego

+ Babuínos destroem plantações sul-africanas
+ O Melhor Vinho do Dia: À chegada do clássico "Alice no País das Maravilhas" ao Brasil!

+ Indústria chinesa pode crescer com taxa de 18% nos próximos anos

Da redação

Publicado em 19 de Março de 2010 às 15:17


Notícias