Revista ADEGA
Busca

Vinho - 12.Jan -Kiwi

Vinho francês é barrado na Nova Zelândia


Após reclamações da Associação dos Vinicultores da NZ, um vinho Sauvignon Blanc, produzido na frança e rotulado com o nome "Kiwi Cuvee" foi proibido de ser comercializado no país. O vinho, que já é vendido em toda Europa, teve seu registro barrado na Austrália e Nova Zelândia devido à palavra "Kiwi", que comumente é associada aos produtos neozelandeses. Segundo a Associação, o nome provavelmente foi escolhido para que, ao entrar no mercado da Oceania, fosse confundido com os produtos nacionais, ou seja, para enganar e confundir os consumidores. A França é conhecida por defender ferozmente os direitos de seus enólogos de usarem nomes ou expressões regionais em seus vinhos, criando assim um ambiente de reconhecimento entre o consumidor e o produto. Jeffrey Davies, perito em vinhos franceses, afirmou que está foi uma "ironia desagradável", e que pode ser vista como um sinal de que os kiwis haviam desbancado os franceses em seu próprio jogo. "Esse nome pode ser facilmente confundido como um nome típico dos vinhos do Novo Mundo. Eu não sei se fizeram isso por achar que a qualidade do Sauvignon Blanc da NZ é superior ou apenas para melhorar a comercialização do vinho", comentou Davies.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Internet ajuda a fomentar o interesse dos brasileiros pelo vinho

+ Chile comemora 15 anos da Carménère

+ Americanos querem reusar garrafas de vinhos

+ O Melhor Vinho do dia: Para beber mesmo sem crédito

+ Venda de espumante português cresce 10% ao ano

Redação
Publicado em 12/01/2010, às 16h57 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias