Revista ADEGA
Busca

Vinho - 29.Mar - Saúde

Vinho pode ser grande aliado no combate à radiação


Usina de Fukushima registrou grave acidente após os estragos causados pelo terremoto
Não é de hoje que sabemos que o vinho, se consumido com moderação, pode trazer diversos benefícios à saúde. O que poucos sabiam, porém, é que a sagrada bebida também pode ser usada para proteger as pessoas contra elevados níveis de radioatividade, uma excelente notícia para a população japonesa, assombrada após o acidente ocorrido na central nuclear de Fukushima graças aos efeitos causados pelo terremoto que assombrou o país no início do mês.

Um estudo realizado em 2008 pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, já alertava para a importância do vinho no combate à radiação, mas ainda não havia ganhado muito destaque no cenário internacional. Porém, após os terríveis acontecimentos no Japão, a pesquisa novamente veio à tona e as conclusões tomadas ganharam muita importância.

A ideia de analisar como o vinho poderia ajudar no combate a altos níveis de radioatividade veio devido a acontecimentos nos meses que sucederam o desastre nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986. Na época, as pessoas que viviam próximas à área afetada pelas radiações começaram a beber vodka e vinhos para se proteger, mas, à primeira vista, tudo parecia se tratar apenas de mais uma crença popular.

Até que, 22 anos depois, os norte-americanos da Universidade de Pittsburgh resolveram testar a veracidade dessas ações. E a conclusão foi surpreendente: o vinho, realmente, ajuda no combate à radiação. Os pesquisadores descobriram que o resveratrol, antioxidante natural presente nos vinhos tintos, ajuda na proteção à radioatividade - o que foi comprovado em experientes realizadas com ratos de laboratório.

A notícia pode servir como alento aos japoneses que se encontram em regiões expostas à radiação, e, consequentemente, agitar o mercado de vinhos no país.

Mais notícias sobre o mundo dos vinhos:

+ Ícone do vinho mundial, italiano Angelo Gaja será homenageado em jantar em São Paulo
+ Amante de vinhos, Obama degustou rótulos brasileiros durante visita ao país
+ Empresa lança lanterna acoplável à garrafa para ajudar a servir vinhos no escuro

+ Evento em Nova York celebra os vinhos e a gastronomia espanhola

+ Agência inova e lança rótulos de vinhos inspirados nos 7 pecados capitais

Redação
Publicado em 29/03/2011, às 11h55 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias