Revista ADEGA
Busca

Vinho tinto pode prevenir a perda de audição


Recentemente, cientistas do Henry Ford Hospital, nos EUA, adicionaram mais um benefício que o consumo moderado de vinho tinto pode trazer: a prevenção da perda de audição.

Como de costume nesse tipo de experimento, a equipe de cientistas usou ratos de laboratório como cobaias. Eles receberam doses de resveratrol, um antioxidante encontrado em quantidades maiores no vinho tinto, e foram expostos a um barulho contínuo. Depois de alguns dias, contatou-se uma redução na perda auditiva induzida pelo barulho.

Relembre:

+ Vinho tinto e chá verde podem prevenir Alzheimer + Vinho tinto reduz risco de câncer de próstata

"O resveratrol é muito poderoso e parece proteger contra inflamações no organismo referentes ao envelhecimento, cognição e perda de audição. Nosso estudo se concentrou em seu efeito sobre resposta do organismo a uma lesão, que acreditamos ser a causa de doenças como a perda de audição e o Alzheimer", explicou Michael Seidman, líder do estudo.

A perda de audição, causada pela morte das células do ouvido interno, geralmente começa a ser percebida em pessoas com mais de 60 anos, apesar de também afetar aqueles com idade entre 40 e 50 anos.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Christie's fará leilão com vinhos do governo britânico

+ Infográfico mostra que tipo de vinho consumir de acordo com a ocasião

+Casca de camarão pode ajudar na prevenção de alergias ao vinho

+Magnata do vinho compra 50% do Château d´Issan

+Facebook entra no mercado de vinhos

Redação
Publicado em 05/03/2013, às 09h33 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias