Ponto positivo

Vinho tinto pode prevenir disfunção erétil, diz estudo

O benefício é graças aos flavonoides, componente típico da bebida


Segundo uma pesquisa realizada pela University of East Anglia (UEA) e pela Harvard University, os homens que possuem uma dieta rica em flavonoides têm menor chance de desenvolver disfunção erétil.

Os mais benéficos flavonoides são as antocianinas (encontradas em blueberries, cerejas, amoras, rabanetes, groselhas e vinho tinto), as flavanonas e as flavonas (presentes em frutas cítricas).

De acordo com o professor da UEA Aedin Cassidy, “Homens que consomem regularmente alimentos ricos em flavonoides são 10% menos propensos a sofrer de disfunção erétil. Quantitativamente, estamos falando somente de algumas porções por semana”.

A vantagem oferecia por esse tipo de dieta é semelhante a de homens andaram rapidamente durante cinco horas semanais. De qualquer forma, a UEA é cautelosa e não aconselha o consumo em demasia de vinho.

O estudo realizado pela parceria entre as universidades da Grã-Bretanha e do EUA também constatou que uma alta ingestão de frutas está associada à redução do risco de disfunção erétil em 14% - ou 21% quando combinada a exercícios físicos.

Da redação

Publicado em 20 de Janeiro de 2016 às 12:27


Notícias