Revista ADEGA
Busca

07.Ago - Vinho tinto pode prevenir infecções

Vinho tinto pode prevenir infecções


Vinho pode ajudara combater infecções
Pesquisadores da Universidade de Glasgow, na Escócia anunciaram a descoberta de um antioxidante presente em grandes quantidades no vinho tinto, que previne infecções capazes de gerar septicemias (infecções generalizadas no corpo).

O resveratrol encontra-se nas sementes de uva e em maior quantidade no vinho tinto do que no branco.

Em experiência com dois grupos expostos a um potente agente infeccioso, os cientistas constataram que os que não tinham feito tratamento prévio à base de resveratrol desenvolveram uma reação grave semelhante à septicemia, enquanto os tratados com a substância não foram afetados.

Segundo os investigadores, o resveratrol impede a formação de duas enzimas que provocam o desenvolvimento de inflamações graves.


"Doenças inflamatórias severas como a septicemia são muito difíceis de tratar e muita gente morre por falta de tratamento", disse Alirio Melendez, um dos cientistas da Universidade de Glasgow.

A descoberta foi publicada no jornal da Federação das Sociedades Americanas de Biologia Experimental (FASEB). "O potencial terapêutico do vinho tinto estava engarrafado há milhares de anos e agora os cientistas descobriram os segredos e identificaram a forma como a ação do resveratrol pode gerar novos tratamentos contra infecções mortais", declarou o diretor Gerald Weissman, do jornal da FESAB.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Lançado primeiro Champagne sem anidrido sulfuroso

+ Redes de fast-food adotam vinho nos EUA

+ Forbes escolhe 10 melhores destinos do vinho

+ O Melhor Vinho do dia: À amizade entre Lula e Obama!

+ Dom Pérignon 1969 chega ao Brasil com apenas seis unidades

Redação
Publicado em 07/08/2009, às 10h35 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias