Vinho - 01.Jul - Saúde

Vinho tinto pode prevenir perda óssea e muscular causadas por sedentarismo


Segundo um estudo publicado no FASEB Journal, o vinho tinto pode prevenir os malefícios causados pelo sedentarismo.

Divulgação
O vinho contém resveratrol, e tomando a bebida diariamente, o composto previne os efeitos nocivos que a ausência de gravidade exerce sobre os músculos e o metabolismo dos ossos de astronautas.

O trabalho é baseado em experiências feitas com ratos sob a ausência de gravidade, simulando vôos espaciais.

Gerald Weissmann, editor da revista científica, disse que "Há uma quantidade esmagadora de dados mostrando que o corpo humano precisa de atividades físicas, mas para alguns começar a fazer essas atividades não é fácil".

Ele conta que em m ambiente de baixa gravidade, como o de astronautas, é quase impossível fazer exercícios. E aqui na Terra há também diversas barreiras à atividade que são "igualmente desafiadoras, sejam doenças, lesões, ou um trabalho de escritório", ele diz.

"O resveratrol pode não ser um substituto para o exercício, mas pode retardar a deterioração até que alguém possa começar a se mover novamente".

A partir das conclusões tiradas do estudo, alguns pesquisadores sugerem que o resveratrol pode ser capaz de prevenir igualmente as consequências de um estilo de vida sedentário em condições de gravidade normal - já que esse composto pode impedir a perda óssea e muscular gerada pela falta de atividade.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Príncipe de Mônaco escolhe vinho de Provença para seu casamento

+ Na esperança de serem adotados pela indústria do vinho, dois termos genéricos...

+ Novo vinho celebra 150 anos da unificação italiana

+ Produtoras espanholas procuram vinícolas em áreas emergentes

+ Produtores de todo o mundo se reúnem em teatro na França para divulgar vinhos

Da redação

Publicado em 1 de Julho de 2011 às 10:54


Notícias