Vinho - 19.Nov

Vinhos argentinos apostam na classe C para ganhar mais espaço no Brasil


Percebendo a expansão econômica da chamada classe C no Brasil, produtores e importadores argentinos estão intensificando suas campanhas junto à essa camada da população. Recentemente, o governo da Província de Mendoza assinou um acordo com 12 operadoras de turismo do Brasil para promover a região.

divulgação

O secretário de Turismo de Mendoza, Javier Espina, contou à BBC Brasil que no ano passado cerca de 80 mil turistas brasileiros visitaram a região. "Hoje recebemos turistas brasileiros que se hospedam principalmente nos hotéis de quatro e cinco estrelas e buscam passeios nas vinícolas e esqui na estação de Las Leñas. Com o avanço da economia brasileira, temos a oportunidade de atrair mais turistas desse segmento e também a classe que ascendeu economicamente no país", afirmou.

"O vinho passou a fazer parte da mesa brasileira e observamos essa presença nas taças dos restaurantes do Rio de Janeiro e de São Paulo, por exemplo, algo que antes não havia", acrescentou Juan José Canay, presidente da Bodegas de Argentina.

Ele ressaltou que, a cada ano os brasileiros estão comprando vinhos de melhor qualidade e mais caros, num sinal de que vêm apreciando a bebida. "No ano passado, nossas exportações de vinhos para o mercado brasileiro aumentaram 1% (na comparação com 2010). Mas em termos de valores (da garrafa), esse aumento foi de 18%", afirmou.

Mais notícias sobre vinhos...

Pesquisa procura forma mais eficiente para controlar fungo ruim para vinho
Châteaux Durfort-Vivens terá produção 100% biodinâmica em 2013
Lavaux ganhará museu de vinho suspenso
Garrafas do século 19 do Châteaux DYquem serão leiloadas em Nova Iorque
Ribera del Duero é eleita Região Vinícola do Ano pela Wine Enthusiast

Da redação

Publicado em 19 de Novembro de 2012 às 08:33


Notícias