Revista ADEGA
Busca

Vinho - 24.Jul.

Vinhos búlgaros são os recordistas em quantidade de antioxidantes


Uma pesquisa realizada em um laboratório em Tóquio mostrou que os vinhos produzidos na Bulgária, apesar de pouco conhecidos, são os recordistas em quantidade de oxidantes presentes na bebida.

divulgação

Os cientistas usaram um método chamado de OPAC, criado no Departamento de Agricultura dos EUA, para analisar o vinho. A média para antioxidantes em um vinho é de 3 mil unidades, os vinhos búlgaros ganham de longe, são cerca de 8 mil unidades em uma garrafa de 750 ml.

Os antioxidantes ajudam a diminuir o processo de envelhecimento dos tecidos do corpo, por isso são muito bons para os músculos e para a pele.

"O recomendável para o consumo saudável é de três a cinco mil unidades de antioxidantes por dia. Desse jeito os radicais livres, que tem uma papel  importante no envelhecimento, são neutralizados", explicou um dos pesquisadores.

Eles acreditam que esse efeito seja por causa das técnicas usadas na produção do vinho combinadas com o clima e o solo da região. "A intensidade do sol é crucial para o acumulo de pigmentos na casca das uvas, assim como na abundancia dos polifenóis, um tipo de antioxidante, nas sementes", disse a especialista em vinhos Villy Galabova.

Mais notícias sobre vinhos...

Nova Iorque investe 106 milhões no ensino de enologia e viticultura
Keyshawn Johnson entra para o mundo do vinho
Um copo de vinho no jantar equivale a 30 minutos de exercício
Mercado de leilões nos EUA ultrapassa Hong Kong depois de dois anos
Loja de vinho britânica Lot18 fecha após 4 meses de funcionamento

Redação
Publicado em 24/07/2012, às 07h42 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias