Vinho - 28.Jun - Mercado

Vinhos da região espanhola Rioja são os preferidos entre os consumidores ingleses


Um estudo da Wine Intelligence, realizado a partir uma mostra de mil consumidores britânicos que bebem habitualmente vinho, revelou que Rioja se tornou a principal opção de compra entre as regiões vinícolas do mundo dentro do mercado, segundo informou o Europa Press.

Divulgação
Um de cada dois vinhos vendidos no Reino Unido são de Rioja
O estudo concluiu que um de cada dois vinhos espanhóis com denominação de origem vendidos no Reino Unido em 2010 é de Rioja.

A pesquisa focou em determinar os critérios de compra e preferências dos consumidores do Reino Unido, um dos destinos mais importantes para a exportação de vinhos espanhóis em geral e para o qual o Conselho Regulador de Rioja envia 33% do total de suas exportações.

O estudo aponta que os principais critérios para compra de vinho nesse mercado são o país de procedência da uva (56%) e a região (51%).

Mesmo sendo a primeira opção de compra para os consumidores britânicos entre as principais regiões vinícolas do mundo e em todas as faixas de preço, Rioja se situa na quarta posição entre as regiões mais conhecidas, atrás de Bordeaux, Borgonha e Chianti.

Segundo Ricardo Aguiriano, diretor de Marketing e Comunicação da D.O.Ca. Rioja, as principais razões pelas quais os vinhos de Rioja têm tanta presença no mercado britânico são sua excelente relação de custo-benefício e a confiança na marca que tem no consumidor britânico.

O Reino Unido foi em 2010 o principal mercado para exportação de vinhos espanhóis com denominação de origem por valor, alcançando a cifra de 132 milhões de eutos. A D.O.Ca Rioja vendeu no país um total de 40 milhões de garrafas, o que supõe 33% do total de suas exportações ao resto do mundo.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinícolas francesas investem em construções ecológicas

+ Novo vinho do porto feito para complementar com chocolate amargo é lançado na Europa

+ Número de visitantes chineses na Vinexpo dobra

+ Alta do dólar australiano e baixa demanda prejudicam vinicultores

+ Marcas de vinho do Novo Mundo terão grande espaço no mercado chinês

Da redação

Publicado em 28 de Junho de 2011 às 09:23


Notícias