Revista ADEGA
Busca

Vinho - 21.Ago

Vinhos importados correspondem a 50% do mercado chinês


Mesmo com a desaceleração do ritmo de compra e o crescimento da produção interna, os vinhos estrangeiros ainda ocupam 50% do mercado vinícola da China. O país importou 200 milhões de litros de vinho nos primeiros seis meses desse ano, um aumento de 12% em comparação com o ano anterior, e o equivalente a 1.1 bilhão de euros.

divulgação

O analista de mercado Zhang Zhigang diz que o mercado doméstico do país enfrenta dificuldades na hora de competir com os vinhos importados por conta do preço e do processo de distribuição. "Dada à falta de consciência dos consumidores chineses sobre marcas estrangeiras, eles têm um lucro bem maior que as marcas locais", explica Zhigang.

O mercado doméstico detinha 75% do mercado, mas por alguns problemas com grandes empresas chinesas, perderam espaço. Nos últimos dias, foram descobertos altos níveis de resíduos de pesticidas em vinhos chineses, prejudiciais à saúde dos consumidores. As empresas negam e dizem que os níveis estão dentro do permitido. O caso continua sendo investigado.

Redação
Publicado em 21/08/2012, às 10h03 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias