Vinho - 05.Set - Mercado

Vinhos indianos começam a ser vendidos em supermercado britânico


O vinho indiano está adentrando o mercado inglês, com o Waitrose se tornado o primeiro supermercado britânico a vendê-lo.

Divulgação
Vinho Zampa Syrah
A loja está lançando o Ritu Viognier e o Zampa Syrah, como parte da Galeria Mundial de Vinhos Waitrose.

Ela descreve o Ritu Viognier como um "vinho branco fresco e aromático, com aromas florais e de pêssego". O vinho é produzido pela United Breweries, uma empresa gigante que também produz a cerveja Kingfisher.

Ambos vinhos são produzidos no clima seco e tropical do Vale Sahyadri, em Maharashtra, na costa oeste da Índia.

O consumidor de vinhos na Waitrose, Matt Smith, disse ao site Decanter.com que foi apenas no ano passado que ele viu um "avanço real na qualidade".

"O vinho indiano não está em todas as lojas, mas essa é a maneira de testar e ver o que acontece. Esses vinhos mostram um caráter varietal com os seus próprios estilos distintos", ele contou. "Eles são flexíveis e voltam-se a pessoas que querem experimentar vinhos de uma nova região".

A Índia tem uma longa tradição de produção de vinho, mas apenas recentemente que os seus vinhos têm conseguido competir com regiões mais estáveis de vinicultura.

Em uma entrevista recente, o consultor de Bordeaux Michel Rolland, que tem consultado a Grover Vineyards, de Bangalore, desde 1995, disse que a Índia poderia fazer um "vinho bom, mas não ótimo".

A Índia também tem sido reconhecida em competições internacionais: o Sauvignon Blanc 2010 da Sula Vneyards, produzio em Nashik, recebeu uma medalha de prata no Decanter World Wine Awards 2011.

Segundo o especialista Steven Spurrier, "as vinícolas indianas passaram os últimos cinco anos investindo nas suas adegas. É tudo muito recente e muito dinheiro foi investido".

RELEMBRE:Índia se une à elite do mundo do vinho

Mais notícias sobre vinhos...

+ Rótulo e nome de vinho espanhol se complementam, reiterando ideia de mistério

+ Após declaração de Dmitry Medvedev, russos querem voltar a importar vinho da Geórgia

+ Malbec argentino: vendas mundo afora só crescem

+ Vendas de rolhas de cortiça sintética e natural batem recordes

+ Furacão Irene causa menos danos nas vinícolas que o esperado

Da redação

Publicado em 5 de Setembro de 2011 às 07:18


Notícias