Revista ADEGA
Busca

Vinícola brasileira utilizará resíduos de uvas para produzir energia


Um projeto piloto para gerar energia limpa através de resíduos do bagaço e engaço das uvas, será testado na Vinícola nacional Aurora;

Divulgação

O projeto realizado pela vinícola em parceria com o instituto alemão Agroscience e a fundação Proamb, que desenvolve soluções ambientais irá usar o método de pellets, pequenos cilindros, feitos de resíduos vitivinicolas neste caso, que irão alimentar as caldeiras da produção.

"O poder calorífico dos pellets de engaço e bagaço é maior em função de um componente oleoso da própria matéria-prima. Essa é uma tecnologia nova, inclusive na Alemanha, mas crescente" explicou a presidente da Proamb Juliana Ferrari Dal Piaz. A tecnologia já é usada na Alemanha, mas os pellets são feitos de madeira.

A previsão é de que o término da implantação e os primeiros testes da planta piloto ocorram no início do próximo ano.

Mais notícias sobre vinhos...

Hello Vino lança aplicativo gratuito sobre vinhos em parceria com loja varejista
Artistas espanhóis participam do primeiro encontro de pintura com vinho
Viticultores do Russian River Valley se opõe a expansão da região
Importação de vinho branco do Dão para o Brasil cresce
Daniella Romano cria projeto para ensinar deficientes visuais degustarem vinhos

Redação
Publicado em 21/11/2011, às 10h05 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias