Revista ADEGA
Busca

Vinho - 05.Jan - Escândalo

Vinícola checa é acusada de venda fraudulenta de milhões de litros de vinho


A polícia da República Tcheca está investigando um dos maiores produtores do país a respeito da venda fraudulenta de milhões de litros de vinho.

O departamento Checo de Inspeção de Alimentos e Agricultura (CZPI) pediu à polícia para investigar a Cejkovice sklepy Templárské por vender mais de um milhão de litros de vinho - supostamente Chardonnay, Riesling e Sauvignon Blanc 2009 - a partir de uvas de origem desconhecida.

Tradicional vinícola checha acusada de fraudar vinhos

A empresa

também é acusada de ter impedido os inspetores de investigar o local.

Por sua vez, a sklepy Templárské levou o caso a tribunal, na esperança de obter uma decisão a seu favor.

A vinícola checa, de acordo com o porta-voz da CZPI, Petra Hoferková, comprou mais de 1,25 kg de uvas da companhia uva Vitis Bj.

Por sua vez, Svatopluk Bartik, representante da sklepy Templárské, disse ao site Decanter.com que as uvas são oriundas de vinhedos na Morávia, leste da República Checa, e foram cultivadas por produtores credenciados pelo Ministério da Agricultura checo.

ESPECIAL: Atleta e enófilo - Entre um treino e outro, Fernando Scherer curte a paixão pelos vinhos

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Produtor de vinhos e astro do futebol Americano, Charles Woodson brilha na reta final da NFL
+ A favor da sustentabilidade, produtora espanhola lança linha de cosméticos à base de uvas
+Contrariando tendência, franceses desenvolvem método para diminuir teor alcoólico
+ Pesquisa australiana ajuda a desvendar




Redação
Publicado em 05/01/2011, às 12h50 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias