Revista ADEGA
Busca

Vinho - 26.Ago - Chile

Vinícola chilena prova que é possível produzir vinhos mais ao sul do país


A vinícola chilena Casa Silva declarou recentemente o sucesso do que alega ser o vinhedo mais ao sul do país.

Divulgação
Lago Ranco, ao sul do Chile

Quatro anos atrás, o produtor plantou vinhas em Futrobo, à margem do Lago Ranco, 350 quilômetros ao sul de Bío Bío, a até então vinícola mais ao sul da região de vinhos no Chile.

Apesar da propriedade de seis hectares ter sido inicialmente experimental, com plantações de Sauvignon Blanc, Pinot Noir e Chardonnay, as vinhas mostraram "bom níveis de acidez e um sabor forte", de acordo com Casa Silva.

"Isso, combinado com um nível baixo de álcool natural, indica um grande potencial para vinhos de clima frio ou espumantes de alta qualidade", disse o produtor.

Mario Pablo Silva, diretor do negócio, adicionou, "É uma vinícola inovadora, em uma área selvagem natural, onde ninguém nunca ousou plantar videiras antes. Plantar em um clima diferente deve produzir vinhos novos e interessantes, ampliando ainda mais a reputação do Chile como nação produtora dos mais variados vinhos finos".

O lançamento do primeiro vinho está previsto para o ano que vem.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Vinícolas de Napa Valley são cenário para festival de cinema

+ Vinicultor de Sonoma será estrela do reality show "The Bachelor"

Vinicultores da Nova Zelândia sofrem com excesso de oferta

Governador da Califórnia determina setembro como o Mês do Vinho

Exportação de vinho brasileiro cresce 40% no primeiro semestre

Redação
Publicado em 26/08/2011, às 10h20 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias