Revista ADEGA
Busca

17. Ago - Vinicultores da Austrália

Vinicultores da Austrália se juntam para valorizar seu vinho


Um poderoso grupo de vinicultores está contra atacando as críticas internacionais de que a Austrália só produz vinhos baratos e comerciais, e não vinhos finos.

''''Australia''''s First Families of Wine'''' arrecadou $1.2 bilhões de dólares australianos, e com uma receita anual de aproximadamente $1 bilhão - um quinto do total de vendas do país - pretende gastar em torno de $600,000 por ano promovendo seus vinhos Premium e Super-premium.

A campanha terá inicio no Reino Unido, no início de 2010, para depois cobrir a Austrália, a América do Norte e a China. A remessacontém vinhos diversos, como um Yalumba 160 anos, Campbells, De Bortoli e Henschke.

Foram fixados critérios rigorosos para a adesão de membros, incluindo possuir vinhedos há pelo menos duas gerações, além de vinhos com mais de 50 anos. "Formamos um grupo tão forte para podermos chegar à comunidade mundial com integridade e credibilidade", afirmou Alister Purbrick, chefe executivo do grupo.

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Vinícolas brasileiras prospectam R$ 3 milhões em convenção

+ The New York Times lança clube para enófilos

+ Louis Vuitton compra 50% do Château Cheval Blanc

+ O Melhor Vinho do dia: Aos trabalhadores argentinos!
+ Vale dos vinhedos é opção de enoturismo

Redação
Publicado em 17/08/2009, às 14h20 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias