Revista ADEGA
Busca

Vinho - 01.Set - Protestos em Portugal

Vinicultores do Douro contestam redução do limite de produção


Nos últimos dias, produtores de vinho da região do Douro, em Portugal, estão realizando uma série de manifestações que contestam o limite de produção imposto pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP).

Divulgação
A polícia deteve três pessoas da manifestação de ontem
A Confederação de Agricultores de Portugal (CAP) anunciou recentemente apoio a essa contestação, acusando o IVDP de prejudicar os produtores durienses duplamente: por ter fixado em 2010 uma quota muito elevada para produção de vinho do Porto (110 mil pipas) - o que levou a uma baixa de preços - e agora ao reduzir a 85 mil pipas, causando uma "quebra de rendimento injustificável e insustentável".

Na manhã de ontem (31), uma manifestação em frente ao IVDP reuniu por volta de 1500 pessoas, que contestavam as quotas impostas. Indignados, alguns quebraram garrafas de vinho e despejaram sacas de uva no chão, além de terem quebrado o vidro de uma das portas do Instituto.

Segundo o CAP, essa quebra de rendimento aconteceu em um ano particularmente ruim para os produtores da região. Já a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN) emitiu uma nota alertando o quão prejudicial essa cota pode ser para os pequenos e médios produtores.

De acordo com o CCDRN, essa redução de 25 mil pipas representa um déficit de 23,25 milhões de euros para os produtores de vinho do Porto.

MAIS:Brasil entra na lista dos dez principais países consumidores de vinho do Porto

Mais notícias sobre vinhos...

+ Chuvas de granizo danificam vinícolas na Alemanha

+ Segundo estudo, dióxido de enxofre é benéfico para as videiras

+ Blogueiros são desafiados a harmonizar vinho em restaurantes de São Paulo

+ Propostas de blend com Rosso de Montalcino indigna produtores

+ Diferença entre vinho inglês e vinho britânico confunde consumidores

Redação
Publicado em 01/09/2011, às 09h40 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias