Cartas


Sonhos nacionais?

No artigo “Os sonhos dos Enófilos” (edição 39), por que vocês não citaram vinhos nacionais? Será porque não temos bons vinhos? Claro que não podemos comparar com os vinhos dos sonhos a que o artigo se refere, mas, fica a impressão que não temos nada de bom, que pode não ser os dos sonhos. Mas, qual é o nosso vinho bom? É a coisa mais difícil de ler quais são os bons vinhos nacionais, eu merefiro aos bons e não os dos sonhos. Wlaldmir Nogueira Pinto

Caro, Wladmir, o artigo de Luiz Gastão Bolonhez, na edição de número 39, tratava de rótulos consagrados, vinhos de produtores que são reconhecidos mundialmente por sua excelência. Esse tipo de notoriedade, como você deve saber, só se ganha com o tempo. É preciso muitos anos de bons vinhos para um produtor ser reconhecido no mundo. A vitivinicultura brasileira ainda é bastante nova se comparada a outros países e nosso foco na qualidade também é recente. Nossos vinhos são, sim, muito bons e a Revista ADEGA sempre fez questão de enaltecer a qualidade do que se produz aqui. Já tivemos diversas matérias falando especificamente da produção nacional e sempre vamos ter.

ADEGA Digital!

Como assinante da Revista ADEGA e iniciante no mundo do vinho como apreciador, coleciono a revista que considero uma excelente fonte de informação de alta qualidade. Gostaria então de sugerir, e talvez outros já o tenham feito ou até já esteja nos planos da editora, a digitalização do conteúdo da revista. A cada ano a editora lançaria um CD com o conteúdo digitalizado da revista, nas bancas. Desta forma, os leitores poderiam utilizar o CD como fonte de consulta ágil e fácil e teriam liberdade para até mesmo recortar textos da revista para referência, certos de que teriam a versão completa, em mídia magnética. Facilitaria a armazenagem em vista do espaço ocupado pela versão impressa versus o CD e permitiria que o leitor tivesse todos os números da revista. Parabéns pela publicação da Revista ADEGA e espero que a sugestão seja aceita e implementada rapidamente. Edmundo Castro

Caro Edmundo, agradecemos os elogios. Com relação à sua sugestão: o conteúdo da Revista ADEGA já é digitalizado mensalmente e está disponível integralmente no site: www.revistaadega.com.br. Funciona como uma biblioteca virtual, em o internauta encontra matérias clicando em uma “Seção” ou “Edição”. Basta acessar e informar o e-mail cadastrado em sua assinatura. Estão disponíveis todas as edições da revista, desde o primeiro número. A edição dos mês vigente, contudo, só pode ser acessada por assinantes da revista e do UOL. Ainda é possível imprimir, copiar e colar e enviar para um amigo as reportagens. Para quem não é assinante, basta cadastrar seu e-mail no campo “newsletter”. Nossa seção Cave também está toda disponível agora no site: www.omelhorvinho.com.br, que compreende todas as avaliações de vinhos feitas pela Revista ADEGA.

Dúvidas e sugestões, escreva para: info@innereditora.com.br

Da redação

Publicado em 25 de Maio de 2009 às 07:19


Cartas

Artigo publicado nesta revista