Mundo Vino

Colheita de uvas brancas em Bordeaux começa mais cedo que o normal


 

Vista do Château Couhins-Lurton em Pessac-Léognan e seus vinhedos

A colheita das uvas brancas em Bordeaux já iniciou.

Lembrando safras históricas devido às altas temperaturas, especialmente 1997, 2003 e 2011, a vindima das uvas brancas teve início duas semanas antes do que o normal.

A boa notícia é que apesar dos recordes de temperatura durante o verão e as noites quentes a acidez das uvas, principal característica prejudicada com a falta de amplitude térmica diária, está boa e a tendência é que se tornem vinhos equilibrados.

 

LEIA MAIS

» Entenda a divisão de Bordeaux entre as margens direita e esquerda

» Quais são as uvas usadas no blend de Bordeaux?

 

Sémillon, uva branca mais plantada de Bordeaux com 7.728 hectares

André Lurton, do Château Couhins-Lurton em Pessac-Léognan, disse para a revista inglesa Decanter: “Nós não temos problemas com a acidez esse ano”, porém ponderou que “(os vinhos) não serão tão aromáticos como o ano passado” e concluiu “o equilíbrio, no entanto, está muito bom”.

As uvas tintas ainda estão maturando, porém a expectativa é que logo inicie a colheita da Merlot, primeira uva a amadurecer entre as tintas de Bordeaux.

O Instituto do Vinho da Universidade de Bordeaux diz que, apesar de ainda ser cedo para cravar, a safra 2020 parece promissora.

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 3 de Setembro de 2020 às 18:00


Notícias