COLUNISTA CONVIDADO - Vinho do Brasil?

O especialista Alexandre Santucci discorre sobre o vinho brasileiro nos restaurantes pelo país


Vinho do Brasil?

...em um restaurante do Brasil...


- Poderia oferecer um vinho?
- Com certeza!
- Para acompanhar seu brasato, que tal esse excelente vinho da uva Nebbiolo?
- Mas, você está me oferecendo um vinho brasileiro??? - De jeito nenhum, por esse preço bebo um bom chileno!
- Senhor, esse é um dos belos vinhos que vendemos até para o criterioso mercado inglês e recebeu cerca de 90 pontos de uma das maiores especialistas do mundo daquele país.
- Muito obrigado, brasileiro, não!




Esse é um dialogo ainda corriqueiro. O curioso é que o estrangeiro quando vem ao Brasil pede pelos vinhos brasileiros, alguns chegam inclusive com referência do que querem beber.
Jamais pensei que falaríamos isso, mas sinto falta daquilo que chamamos um dia de “síndrome de país subdesenvolvido”, quando enaltecíamos o Maracanã como o maior do mundo, ou tantas outras coisas bacanas em que nos destacávamos, hoje em dia parece que nem do Pelé temos orgulho. Afora a síndrome, poderíamos nos orgulhar melhor deveríamos nos orgulhar de vários produtos brasileiros, e com certeza o vinho.

Entendo que o Made in Brasil deveria ser coisa do passado, nossos compatriotas portugueses fazem algo muito bacana, traduzem tudo para o português, até os nomes dos reis e rainhas da Inglaterra. Parece exagerado? Pode ser, mas reflete um orgulho em manter tradições, mais que isso, valorizar seu produto, sua produção.
Em Portugal se bebe vinho português, na França o francês, na Argentina, argentino, então por que no Brasil franzimos a cara para o vinho brasileiro?
No meu modesto entendimento, por que não se sabe que é bom.
Assim como Cabral, vale muito a pena (re)descobrir o Brasil



* Alexandre Santucci, consultor e palestrante de vinhos, foi apresentador do quadro “Descomplicando o vinho” na TV. É psicólogo, ator, professor universitário de Enologia e Gestão de Pessoas em faculdades de Hotelaria e Gastronomia.

Da redação

Publicado em 26 de Janeiro de 2018 às 13:41


Especiais