Revista ADEGA
Busca

Conhecida pela mostarda, Dijon investe parte do orçamento da cidade em vinhedos

Conselho da cidade investe 1,3 milhão de euros em compra de vinhedos


Domaine de la Cras

Placa do Domaine de la Cras

A cidade de Dijon, na França, apesar de já conhecida pela mostarda, está tentando criar sua imagem como centro vitivinícola. O conselho da cidade anunciou que comprou 160 hectares de fazendas e vinhedos com o objetivo de “consolidar o status e imagem de cidade vitivinícola”. A cidade é capital da região da Borgonha, uma das mais famosas da França.

A aquisição do Domaine de la Cras representa o investimento de 1,3 milhão de euros na área. O vinhedo foi plantado em 1983 ao oeste da cidade e tem oito hectares de vinhas. O tamanho do vinhedo pode ser aumentado em 13 hectares sob supervisão da prefeitura. A gerência da propriedade vai ficar a cargo de Marc Soyard, gerente do Domaine Jean-Yves Bizot em Vosne Romanée. “A cada ano a comunidade vai produzir 2 mil garrafas. Os rótulos mostrarão que o vinho é feito em Dijon que recentemente foi nomeada ‘cidade da gastronomia’”, apontou uma declaração da prefeitura. Na parte de fazenda, o concelho da cidade pretende apostar nas trufas, pomares e plantas medicinais.

Redação
Publicado em 09/12/2013, às 12h08 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias