√Č Halloween!

ūüéÉ Halloween! Conhe√ßa os fantasmas e lendas do mundo do vinho! ūüĎĽ

Vinho Ghost Horse e lenda do século 18 sobre o fantasma que colhe uvas ao luar são algumas das pitadas vitivinícolas para o Halloween

No mundo do vinho algumas histórias nasceram também para assustar, mas também para degustarmos - City Of Winooski
No mundo do vinho algumas histórias nasceram também para assustar, mas também para degustarmos - City Of Winooski

por Redação

O Halloween, ou Dia das Bruxas, √© comemorado no dia 31 de outubro, v√©spera do Dia de Todos os Santos e antev√©spera do Dia dos Finados. Seu nome derivou de All Hallows' Eve, ou ‚ÄúV√©spera do Dia de Todos os Santos‚ÄĚ e teve sua origem prov√°vel em antigas festas celtas que celebravam a passagem para o inverno.

No mundo do vinho algumas histórias nasceram também para assustar, mas também para degustarmos, claro!

O fantasma que colhe uvas ao luar

Era uma vez, um povoado da época medieval ao sul da Espanha, conhecido por Requena. Esse é o palco para a história do fantasma que colhe uvas ao luar.

As casas da cidade possu√≠am vinhedos e hortas. Dentro delas existiam portas que se abriam para escadas que levavam a uma constru√ß√£o subterr√Ęnea, onde os moradores armazenavam alimentos e faziam vinho.

halloween-conheca-os-fantasmas-e-lendas-do-mundo-do-vinho
A lenda circula livre, assim como o fantasma, até hoje na cidade de Requena

O jovem Nicolás era filho de um proprietário de grandes vinhedos, conhecido como Marquês Andrés. Nicolás havia estudado enologia e passado um tempo na França. Tentava, sem sucesso, convencer seu pai a fazer seu próprio vinho e não a vender as uvas. O pai não cedia.

Nesses tempos, no século 18, o rapaz se apaixonou pela filha do prefeito da cidade, inimigo político de seu pai. Diante do amor impossível, Nicolás decidiu sair, nas noites sem lua, com uma capa negra para visitar sua amada. E decidiu, também, colher as melhores uvas de seu pai nas noites enluaradas e fazer seu próprio vinho.

Mas em pequenas cidades, quem pouco vê diz que muito sabe. E passou a correr uma história de que havia um fantasma que saia nas noites sem lua para caçar almas rebeldes e nas noites enluaradas para roubar uvas dos vinhedos. Deram a ele primeiro o nome de Ladrão de Uvas e depois de Ladrão de Luas.

O pai de Nicolás, sem saber das atividades do filho, montou uma emboscada com homens de confiança, pois achava que eram funcionários de seu adversário (o prefeito e pai da amada de Nicolás) que roubavam as uvas para prejudicá-lo. Numa noite de lua cheia, num mês de setembro, Nicolás estava feliz, pois havia provado do vinho novo e estava satisfeito com o resultado.

Decidido a ir ver sua amada, aproveitou-se que a lua estava encoberta para ir até a casa dela. Mas era um eclipse. Quando a lua reapareceu, os homens de seu pai viram o vulto na rua e atiraram sem fazer perguntas.

Depois do enterro de Nicol√°s, seu pai, tomado de profunda tristeza, n√£o saiu mais de casa. At√© que foi informado sobre o descobrimento de uma cave subterr√Ęnea, sob a casa de seu filho.

Lá chegando, descobriu que no local existiam doze tinas de barro de dois metros de altura cada. Dentro delas, o melhor vinho que ele já havia provado em sua vida. Nesse momento, o Marquês decidiu que faria seus próprios vinhos em homenagem à memória de seu filho.

halloween-conheca-os-fantasmas-e-lendas-do-mundo-do-vinho
Bodega subterr√Ęnea e suas tinas que continham o vinho do fantasma

A lenda circula livre, como Nicol√°s, at√© hoje na cidade de Requena, mas a verdade √© que a bodega subterr√Ęnea existe e est√° aberta para visita√ß√£o. Chama-se Bodega Honda e fica no centro hist√≥rico da cidade.

Quem a administra é a Vinícola Ladrón de Lunas, fundada no começo do século 20, localizada na Denominação de Origem de Utiel-Requena, perto de Valência. Vale a viagem tanto pela lenda quanto pelo passeio histórico e degustação.

O mito do cavalo fantasma, a sensação cult dos Estados Unidos

A¬†Conn¬†Valley Vineyards, em Santa Helena, Estados Unidos, √© uma propriedade em que quatro gera√ß√Ķes da fam√≠lia Anderson j√° trabalharam. Desde 1983, por√©m, os Anderson adquiriram¬†a vin√≠cola¬†e passaram a produzir vinhos¬†com seus nomes.¬†Gus e Todd Anderson, pai e filho, lan√ßaram sua primeira safra comercial em 1987. Mas 20 anos depois Todd lan√ßou r√≥tulos que se tornaram¬†cults¬†instantaneamente, os Ghost¬†Horse.¬†

Todd é formado em geologia pela University of Pacific em Stockton. Seu conhecimento da terra é algo notório e sempre lhe ajudou na parte enológica, assim como ter amigos como Robert Mondavi, Louie P. Martini, Joe Heitz e Justin Meyer, alguns dos mais celebrados enólogos do Napa.

Até o ano 2000, ele se dedicou aos vinhos da Anderson Conn Valley, que sempre tiveram algum sucesso, mas nada extraordinário. Naquele ano, no entanto, Todd passou a investir em outros rótulos, um projeto de vinhos artesanais, de produção limitada.  

Para isso,¬†selecionou um min√ļsculo vinhedo localizado em¬†Coombsville¬†(parte sul do Napa) com pouco menos de 2 hectares plantados de Cabernet Sauvignon. O primeiro lan√ßamento levou o nome apenas de Ghost¬†Horse, mas novos r√≥tulos foram sendo adicionados, todos varietais de Cabernet, colhidos separadamente de pequenas parcelas.¬†

Prova cega

A primeira safra do Ghost¬†Horse¬†foi de 2000, mas o lan√ßamento s√≥ ocorreu em 2009.¬†E, depois de tanto tempo envelhecendo e maturando,¬†Todd n√£o esperou para colocar seu vinho √† prova.¬†Ele realizou¬†degusta√ß√Ķes √†s cegas ‚Äď diz-se que at√© uma dupla-cega chamada¬†‚ÄúCult Wines¬†against¬†Ghost¬†Horse‚Ä̬†em¬†Nova York. Foi a√≠ que os¬†vinhos Ghost¬†Horse¬†espantaram os cr√≠ticos e come√ßou-se o burburinho.

halloween-conheca-os-fantasmas-e-lendas-do-mundo-do-vinho
Todd Anderson, o criador da linha Ghost Horse

F√≥runs de en√≥filos passaram a questionar¬†o que¬†era e o que havia de t√£o especial nesse¬†r√≥tulo¬†que partia de pre√ßos mais elevados que outros tantos¬†√≠cones¬†consagrados, n√£o s√≥ dos Estados Unidos, como do mundo todo. Contudo, quando menos se esperava, a pouqu√≠ssima produ√ß√£o j√° havia se esgotado e os pre√ßos aumentaram ainda mais. Um fen√īmeno.¬†

O vinhedo d√° apenas cerca de 1,5 tonelada de uvas por ano e a produ√ß√£o¬†total¬†varia de 300 a 400 caixas. S√£o cinco¬†Cabernets¬†distintos que prov√™m de parcelas diferentes¬†dentro do mesmo vinhedo e s√£o vinificados com t√©cnicas √ļnicas para cada r√≥tulo. Um Chardonnay foi adicionado ao portf√≥lio em 2012 com produ√ß√£o de 50 caixas.¬†

Espantoso!

Desde o come√ßo, o Ghost¬†Horse¬†Cabernet Sauvignon (o r√≥tulo ‚Äúde entrada‚ÄĚ) est√° entre os vinhos mais caros do Napa Valley, partindo de¬†impressionantes¬†US$¬†3.000 a garrafa.¬†Mas¬†seus outros r√≥tulos¬†como¬†Fantome,¬†Apparition¬†e¬†Spectre¬†s√£o¬†ainda mais¬†cultuados¬†e com pre√ßos muito mais altos¬†‚Äď chegando a US$ 10.000.¬†

O rótulo mais recente, Premonition, foi introduzido em 2010 e são feitas apenas seis garrafas de 6 litros por safra. O Chardonnay Ghost Horse também parte de patamares altos, cerca de US$ 500 a garrafa. 

Durante muito tempo, s√≥ era poss√≠vel comprar os ‚Äúcavalos fantasmas‚ÄĚ de Todd visitando sua vin√≠cola ou sendo seu amigo. Mas, mais recentemente, ele criou um sistema de ‚Äúaloca√ß√Ķes‚ÄĚ para s√≥cios de um clube exclusivo que, al√©m dos vinhos, pode ter acesso a experi√™ncias¬†enogastron√īmicas¬†ou ainda compartilhar alguma das ‚Äúaventuras‚ÄĚ de Todd, como corrida de carros ou esqui alpino, por exemplo. H√°¬†dois n√≠veis de ades√£o a este clube do vinho, um come√ßa em¬†US$¬†500¬†mil¬†e outro¬†com¬†um milh√£o de d√≥lares.

Entrega em casa

Com seus quase 2 metros de altura e¬†indefect√≠vel¬†chap√©u de cowboy preto, Todd √© uma figura carism√°tica. Diz-se que, para quem adquire vinhos de suas linhas mais b√°sicas, ele mesmo vai entregar pessoalmente as garrafas se for nos Estados Unidos, n√£o importa o lugar. Se¬†o comprador for estrangeiro, mas adquirir um de seus produtos ainda mais seletos, ele tamb√©m viaja para encontr√°-lo¬†e ‚Äútrocar uma ideia‚ÄĚ.¬†Um grande aventureiro,¬†ele curte pescar marlins, esquiar, jogar golfe, beber Bourbon, fumar charutos, apreciar a vida, enfim, gosta de compartilhar um pouco de suas paix√Ķes com alguns de seus consumidores-amigos.¬†

halloween-conheca-os-fantasmas-e-lendas-do-mundo-do-vinho
Os rótulos Ghost Horse

Todd aprendeu a apreciar Bordeaux e Borgonha com os vinhos da adega de seu pai. Após sair da faculdade, trabalhou na exploração de petróleo e gás. Ele decidiu se dedicar à viticultura após ser promovido para um cargo executivo que não necessitava trabalho de campo. Assim, pegou um empréstimo, plantou vinhas e começou a cultivar uvas na propriedade de Conn Valley Vineyards. Conforme o vinhedo amadureceu, decidiu produzir vinho e, felizmente, seu primeiro Cabernet Sauvignon foi um sucesso. 

Todd procurou muitos dos primeiros vinicultores de Napa para obter conselhos¬†e diz que¬†Robert¬†Mondavi¬†teve¬†um papel importante em seu desenvolvimento.¬†Ele¬†sentiu que os vinhos produzidos¬†no Napa¬†naquela √©poca eram austeros, com baixo teor de √°lcool e a fruta era colhida ‚Äúpouco madura‚ÄĚ, tentando imitar os bordaleses. Ele¬†ent√£o resolveu¬†ignorar¬†isso¬†e¬†acredita que foi¬†um dos primeiros a come√ßar¬†extrair mais a fruta,¬†criando um¬†estilo com alto teor alco√≥lico, que se tornou t√≠pico da Calif√≥rnia.¬†

Estilo

Como ge√≥logo, a primeira abordagem de Todd foi avaliar o solo e determinar¬†seu¬†efeito nas vinhas ao n√≠vel da raiz.¬†Assim, ele descobriu que,¬†em¬†sua √°rea cultivada,¬†havia¬†cerca de¬†cinco¬†tipos de solo diferentes¬†e isso levou ao planejamento de cinco¬†parcelas¬†de vinhedos separadas.¬†Mas ele atribui o sucesso de seus vinhos a dois pontos: estar sempre provando, da colheita ao envelhecimento em barricas ‚Äď para trabalhar com cada safra tomando as decis√Ķes certas em cada etapa ‚Äď e focar na sensa√ß√£o¬†de¬†boca.¬†

Todd tem uma filosofia pessoal sobre a vida que ele chama de regra 50-40-10: 50% das pessoas estão felizes patinando pela vida, 40% estão satisfeitas sem motivação pessoal e são os 10% finais que são levados ao sucesso. Segundo ele, seu compromisso de competir com esses 10% é o que gera sucesso. 

Em uma entrevista para um site do Napa, Jim Silver, que trabalha com Todd afirmou:¬†‚ÄúTerroir √©¬†um conceito dif√≠cil para as pessoas entenderem. Al√©m do solo e do clima, Todd √© nosso terroir. Ele √© a identidade deste lugar‚ÄĚ. Apesar de ser visto muitas vezes como uma ‚Äúovelha negra‚ÄĚ, Todd faz quest√£o de dizer: ‚ÄúN√£o somos melhores do que ningu√©m,¬†e¬†sempre estivemos abertos para compartilhar ideias,¬†tanto¬†para¬†dar como¬†para¬†receber‚ÄĚ. E sobre os r√≥tulos que seus ‚Äúcavalos‚ÄĚ desbancaram no p√°reo¬†‚Äď especialmente de pre√ßos ‚Äď, ele garante:¬†‚ÄúEsses outros vinhos est√£o na minha adega tamb√©m‚ÄĚ.

palavras chave

Notícias relacionadas