Revista ADEGA
Busca

Indústria de vinhos norte-americana cresce em 2013

Pesquisa mostra que número de vinícolas aumentou 4,3% e que produção anual teve crescimento de 6,3%


barricas

Preço médio das garrafas subiu de 9 dólares para 10,85 no ano passado

A revista californiana Wines & Vines divulgou recentemente dados que mostram um crescimento sólido da indústria de vinho norte-americana (neste caso incluindo México e Canadá – apesar de estes representarem a menor parte) no ano passado. De acordo com o levantamento, o número de vinícolas atingiu 8.391, um crescimento de 4,3% em relação ao ano anterior.

No caso dos Estados Unidos as vinícolas mostraram dois sinais de crescimento, como um aumento de 6,3% da produção e a elevação de US$ 9 para US$ 10,85 do preço médio das garrafas. Além disso, o número total de vinícolas que o país possui chega a 7.762, com liderança do estado da Califórnia, que sozinho detém 3.674. Já o Canadá possui 568 vinícolas, apresentando um crescimento de 8%.

Além disso, alguns estados dos Estados Unidos se destacaram por apresentarem altas taxas de crescimento das vinícolas no ano que passou. Eles foram: Arizona, com elevação de 14,3% do número de vinícolas, Maryland, com aumento de 11,1%, Colorado, que atingiu 7,1%, e Pensilvânia, 4,8%. No âmbito da produção anual das vinícolas estadunidenses, sete vinícolas entraram para o grupo “Grandes Vinícolas”, que abrange as vinícolas que produzem mais de 500 mil caixas de vinho por ano, e agora somam 56. Porém, foi na ponta de baixo que houve maior crescimento, com 6.017 vinícolas produzindo até 5 mil caixas/ano.

Redação
Publicado em 19/02/2014, às 08h05 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias