Leilão de vinhos da Christie’s em Hong Kong fatura 36 milhões de dólares

Último leilão de vinhos da Christie’s, em Hong Kong, apresentou vinhos raros como o Yquem e faturou 36 milhões de dólares


Foto divulgação

O último leilão de vinhos da Christie’s em Hong Kong apresentou coleções de vinhos clássicos e raros. Segundo os organizadores, o faturamento total do evento foi de US$ 36 milhões. No leilão, foram arrematadas 12 garrafas do vinho Romanée Conti da safra de 1988 e de outras safras posteriores.

Os grandes destaques do leilão foram o vinho La Tache das safras de 1995,1996 e 1999, e o Château Pétrus de 1982. Além desses, foram arrematadas seis garrafas do vinho Richebourg (1971) e dez do raro Château d’Yquem. A coleção mais numerosa é do renomado chefe de cozinha alemão Jörg Müller.

Segundo o presidente da Christie’s da Ásia, Simon Tam, o leilão não se ateve tanto às regiões mais clássicas. “Ficou evidente neste leilão que os compradores desejam explorar outras regiões viticultoras e não as mais clássicas, como Bordeaux e Borgonha”, declarou Tam.

 

Da redação

Publicado em 1 de Dezembro de 2014 às 13:51


Notícias Leilão vinhos christies hong kong