Revista ADEGA
Busca

Lobby da indústria do vinho francês luta contra novas medidas do governo

Governo francês pretende introduzir novas medidas sociais que incluem taxação sobre o vinho


Hollande

Campanha do grupo de lobistas

Toda a indústria do vinho francês está em alerta. Produtores, viticultores, negociantes, todos estão se unindo para desafiar os planos do governo da França de introduzir novas medidas sociais que incluem taxação sobre o vinho.

O grupo “Vin et Societé”, com participantes de todo o setor, lançou uma campanha de mobilização na internet. Nela, eles retratam o presidente François Hollande degustando uma taça de vinho com os dizeres: “Obrigado, senhor presidente, por seu apoio ao segundo maior produto de exportação do nosso país”. O principal alvo do lobby é impedir novos impostos sobre o vinho sob o pretexto de que ele faz mal para a saúde, diz a CEO do grupo, Audrey Bourolleau.

Porém, os lobistas também estão de olho na possibilidade de o governo banir o vinho da internet. Essa proposta foi feita pelo grupo interministerial de combate às drogas ilegais, alegando que a internet deve ser tirada da lista de mídias autorizadas para anúncios.

“Nossos encontros com o Ministério da Saúde têm sido preocupantes, quando não alarmantes”, diz Bernard Farges, diretor do associação das indústrias do vinho de Bordeaux. “Alguns conselheiros do ministério querem ver a média de consumo de vinho na França cair, para reduzir o alcoolismo. Temos visto, desde 1991, que essa política não funciona. Consumo de bebidas mais fortes tem aumentado”, aponta e finaliza: “Estamos com medo”.

Redação
Publicado em 02/10/2013, às 11h08


Mais Notícias