Revista ADEGA
Busca

Vinho - 15.Set - Consumo

Mercado brasileiro é um dos mais dinâmicos para vinhos chilenos


A indústria vitivinícola chilena encerrou o mês de julho em alta. Suas exportações somaram um total de 141 milhões de dólares, um aumento importante de 17,2% em relação ao mesmo período de 2009. Quanto ao volume, as vendas também apresentaram bons números, com crescimento de 4,5%.  

Por linha de produto, os vinhos finos lideram as vendas. Eles representam mais de 80% das exportações e geraram 123 milhões de dólares para um total de 41 milhões de litros. Quando comparados ao ano passado, esses valores mostram um aumento de 19,3% em valor e 16,5% em volume.

Os Estados Unidos se mantém como o maior importador das bebidas chilenas, porém o crescimento das vendas no mercado norte-americano foi de apenas 1,5%. Dentro do grupo dos 10 principais destinos do vinho do Chile, a China, o Brasil e o Japão são os países que apresentam maior dinamismo, com crescimentos em torno de 28% em volume e 10% em valor.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+Barris antigos são restaurados e viram piso para amantes do vinho

+ Para educar consumidor, bares móveis de vinho circularão pelo Reino Unido

+ Supermercados franceses contam com máquinas gigantes de vinho

+ Espumantes brasileiros fazem sucesso na Holanda

+ Enólogo espanhol joga fora mais de três mil litros de vinho

Redação
Publicado em 15/09/2010, às 09h22 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias