Rosés e um tinto

Uma prova exclusiva de excelentes vinhos da Provence


Olivier Brun, pertencente à terceira geração produzindo vinhos na Provence, esteve no Brasil para divulgar os vinhos do Château de Brigue, nas mãos de sua família desde 1779. Os mais de 120 hectares de vinhedos estão situados no coração de Côtes de Provence, de onde vêm as uvas para elaborar, além de rosés, alguns inclusive com estágio em madeira, um surpreendente tinto, que foi um dos destaques do agradável jantar oferecido exclusivamente para ADEGA.

AD 89 pontos
CHÂTEAU DE BRIGUE ROSÉ 2016
Château de Brigue, Provence, França (Wine Lovers R$ 75). Rosé composto de Mourvèdre, Cinsault e Grenache, sem passagem por madeira. Fresco e estruturado, mostra cativantes aromas de frutas vermelhas seguidos de notas florais, minerais e de ervas frescas. De boa tipicidade, tem final gostoso, com toques salinos e cítricos. Álcool 12%. EM

 

             

AD 91 pontos
CHÂTEAU DE BRIGUE HÉRITAGE 2013
Château de Brigue, Provence, França (Wine Lovers R$148). Tinto elaborado a partir de Egiodola, Arinarnoa e Merlot, sem passem por madeira. Chama atenção pela ótima textura de taninos e pela acidez vibrante. Limpo, gastronômico e agradável de beber, mostra-se seco, austero, e muito tenso, com final carnudo, persistente e frutado.
Álcool 13%. EM

Da redação

Publicado em 27 de Setembro de 2017 às 12:00


Notícias