Revista ADEGA
Busca

Terremoto em Napa causa prejuízos de mais de US$ 80 milhões

“Estimamos que 60% da região de Napa foi afetada com algum dano físico”, declarou o vice-presidente do Banco do Vale do Silício


Terremoto

Terremoto no Napa Valley

Barris derrubados e garrafas de vinho quebradas compõem o cenário das vinícolas do Napa Valley após o terremoto de magnitude 6.0 na região, que aconteceu no final de agosto. De acordo com Rob McMillan, vice-presidente e fundador do Banco do Vale do Silício, o tremor contribuiu com danos estimados em US$ 80.3 milhões aos produtores da região. Com isso, havia o boato de que poderia haver escassez de vinho no local o que, no entanto, já foi descartado.

Carneros, Mt. Veeder, Yountville e Oak Knoll foram algumas das áreas mais afetadas na região de Napa. Em entrevista ao site decanter.com, McMillan declarou que os prejuízos variam brutalmente de vinícola para vinícola. Além disso, poucos residentes da região ou produtores têm algum tipo de seguro para terremotos, principalmente por causa dos altos valores cobrados.

O vice-presidente do banco elogiou o espírito de coletividade entre os residentes e produtores. Em nome do banco, ele declarou: “Estamos fazendo de tudo para ajudar os nossos clientes, porque é a coisa certa a se fazer”. A associação de produtores de Napa separou US$ 10 milhões para um fundo de emergência para ajudar a comunidade afetada pelo fenômeno. Por causa do tremor, mais de 170 pessoas foram hospitalizadas.  No distrito inteiro de Napa foram somados mais de US$ 400 milhões em prejuízos, incluindo vinhedos e residências do local. 

Redação
Publicado em 15/09/2014, às 19h08 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias