Revista ADEGA
Busca

Mundovino

American Airlines usa bebida excedente em seus voos em clube de assinatura

O serviço de assinatura de vinhos nasce com data para acabar, assim que o estoque excedente for vendido


American Airlines usa bebida excedente em voo em clube de assinatura

Empresa área parou de servir bebidas alcoólicas na seção econômica de seus aviões em junho de 2021

Desde o início da pandemia, muitas companhias aéreas têm lutado com um estoque excessivo de comida e vinho durante o voo. Com menos voos e um serviço de bordo drasticamente, as companhias aéreas simplesmente têm vinho sobrando. Então a American Airlines criou uma nova maneira de vender o excedente. 

» Um passeio pelos mais de 200 km da maior adega do mundo

FlagshipCellars faz a curadoria da oferta de vinho da companhia aérea e a leva diretamente aos consumidores por meio de um serviço de entrega em domicílio. O negócio todo custa aos clientes em torno de US$ 99 por mês, pelos quais eles receberão três vinhos premium por mês, entregues em sua porta, enquanto durarem os estoques. Assim que o estoque excedente for vendido, o serviço de assinatura de vinhos da companhia aérea será encerrado.

“Para os enófilos, o vinho oferece uma conexão mais profunda com os lugares que eles gostam de visitar”, disse Alison Taylor, diretora de atendimento ao cliente da American Airlines, em um comunicado à imprensa. “Criamos FlagshipCellars para fornecer mais maneiras para os clientes desfrutarem de nosso vinho Flagship, mesmo que não estejam voando em uma de nossas cabines premium.”

A American Airlines baniu as bebidas alcoólicas da seção econômica de seus aviões em junho de 2021. A proibição deve durar até 18 de janeiro de 2022. Controversamente, a companhia aérea continuou a servir bebidas alcoólicas em suas Primeira Classe e Classe Executiva, fazendo com que as pessoas questionassem o porquê. É considerado seguro remover a máscara e beber álcool na parte da frente dos aviões, mas não no fundo?

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Redação
Publicado em 04/02/2022, às 08h00


Mais Mundovino