Revista ADEGA
Busca

Comida de mãe

Arroz e vinho harmonizam sim! Na panela, na mesa, no forno, arroz de mãe ou risoto, veja como!

Confira uma receita e dicas de vinho para harmonizar com bons vinhos


O arroz é o segundo cereal mais plantado no mundo, atrás apenas do milho
O arroz é o segundo cereal mais plantado no mundo, atrás apenas do milho

Comida de mãe é a melhor do mundo, quase todo mundo concorda. Chegar em casa depois de um dia de trabalho, ou num domingo preguiçoso e sentir o cheiro do refogado do arroz da mãe já dá uma acalmada nas emoções e abre o apetite!

O arroz está em nossas casas por conta dos portugueses, que trouxeram para cá (por volta de 1600) uma variedade que já era cultivada na Europa. As primeiras plantações foram nos estados da Bahia, Maranhão e Pará. Mas quem fez, de vez, o arroz entrar nas panelas dos brasileiros foi Dom João VI, que quando chegou ao Brasil fez com que o grão fizesse parte da alimentação dos soldados da guarda da corte.

Você sabia?

"O arroz é o segundo cereal mais plantado no mundo, atrás apenas do milho. Ele alimenta mais da metade da população mundial. No Japão ele é cultivado há mais de sete mil anos"

Apesar de ninguém saber ao certo a origem do arroz, a hipótese mais aceita é de que a Oryza satva (uma gramínea que dá origem ao arroz) tenha começado a ser cultivada no leste chinês, vinda de uma espécie de arroz selvagem. Dela apareceram seis subespécies, duas são as mais cultivadas e dessa duas, há diversas variedades.

O agulhinha é o mais consumido no Brasil, enquanto na Espanha se utiliza o bomba, essencial no preparo da paella. Os tailandeses apreciam o jasmim, que tem esse nome pois quando cozido libera um aroma sutil parecido com a flor. Entre os asiáticos também são populares o Basmati e o arroz negro, que os tailandeses utilizam para fazer doces. Entre os italianos, estão os grãos arbório, carnaroli e vialone nano, ideais para risoto. Por fim, outro arroz bem conhecido no Brasil é o arroz japonês, base dos sushis.

Agora é sua vez de preparar o arroz para a mãe ou aquela figura materna importante na sua vida. Esse risoto ao limão pode acompanhar uma carne de porco, camarões e até mesmo legumes grelhados para uma versão vegetariana. Como vai precisar de um pouco de vinho branco, utilize o mesmo que vai beber. A harmonização sugerida está logo depois da receita. Mantenha em mente que o arroz, com exceção do jasmim, é neutro e que a harmonização vai depender dos ingredientes que estarão no preparo dele.

RECEITA

Risoto al Limone - 4 porções

Risoto al limone
Com carne de porco ou acompanhada de mariscos, essa receita é excelente com um bom vinho

  • 1 xícara de arroz italiano (carnaroli, arbório)
  • 1 cebola média bem picada
  • 50 ml de vinho branco seco
  • 1 litro de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 100 g de manteiga
  • 60 g de parmesão ralado
  • 2 limões sicilianos (o suco e as raspas)

Preparo

Numa panela larga, refogue a cebola no azeite e em 1/3 da manteiga.

Enquanto isso mantenha o caldo de legumes em fogo baixo. Quando a cebola estiver transparente, adicione o arroz e refogue por uns três ou quatro minutos em fogo médio.

Adicione o vinho branco e perceba quando ele para de ter aroma de vinho, daí é só acrescentar o caldo aos poucos, uma concha por vez, deixando secar e misturando até absorver. Pode ser que sobre caldo de acordo com a variedade do arroz.

Quando chegar ao ponto do arroz cozido, mas ainda firme, desligue a panela, acrescente o suco dos limões, as raspas, o parmesão e a manteiga restante. Mexa vigorosamente para dar cremosidade.

Prove para ajustar o sal e deixe descansar por alguns minutos, tampado, antes de servir.

E qual vinho servir com o Risoto al Limone?

Se você for servir o risoto com carne de porco, aposte num Riesling, como o Angove da Austrália. Boa acidez, com estilo não extremamente seco, que vai 'casar' com o cítrico do risoto.

Se você for servir com camarões ou legumes grelhados, a dica é o Vivalti, da altitude de São Joaquim, em Santa Catarina, com bastante frescor e final longo.

Clique nas garrafas para ver as descrições completas.

Long Row Riesling 2021

Long Row Riesling 2021 - AD 90 pontos - Angove, South Australia, Austrália

Um delicioso Riesling que guarda toda a tipicidade desta uva com a modernidade do melhor estilo australiano. 
Vivalti Sauvignon Blanc 2021

Vivalti Sauvignon Blanc 2021 - AD 91 pontos - Vivalti, São Joaquim, Brasil

Mais uma ótima safra deste vinho, que ostenta tipicidade e frescor.

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 04/05/2022, às 16h00


Mais Mundovino