Bodas de vinho

La Pastina celebra 70 anos com uma grande festa


“Uma festa como uma quermesse, como meu pai gostaria”, assim definiu Celso La Pastina a belíssima festa de comemoração dos 70 anos, as bodas de vinho, da empresa fundada por seu pai Vicente, em 1947. Setenta anos depois, no mesmo dia – 7 de julho – em que seu pai criou a Catalan e La Pastina, em parceria com o colega Francisco Catalan, seus herdeiros promoveram um encontro com amigos e parceiros para celebrar a data.

Celso La Pastina e seu pai, Vicente, fundador da empresa.

a família La Pastina hoje

A festa foi realizada no novo centro de distribuição da La Pastina, inaugurado em 2007, um dos maiores da América Latina, com 1.500 metros quadrados. Em meio
aos paletes, houve muita comida – com os produtos de importação da empresa preparados por chefs convidados de restaurantes célebres paulistanos – e vinho (da La Pastina e World Wine) de ótima qualidade. Além disso, a comemoração foi embalada por boa música, com canções típicas italianas e também um quarteto de blues.
Nascida nos anos 1940, a empresa começou no comércio de cebolas, em um ponto do Brás, na rua Santa Rosa. A importação de alimentos veio logo na década seguinte. A La Pastina chegou a ser a maior exportadora de grãos do Brasil nos anos 1960, quando o rio Tamanduateí transbordou em 1963 e eles perderam tudo. Nos anos 1970, Celso, filho de Vicente, entrou no negócio e, em 1985, a empresa já era uma das maiores importadoras de vinho do país.
Atualmente, Celso tem ajuda da filha Juliana para gerenciar a empresa. Durante a festa dos 70 anos, foi apresentado um rótulo comemorativo do vinho Dal 1947, criado por Celso La Pastina e Luciano Ercolino (proprietário da vinícola Vinosia) em homenagem ao ano de fundação da importadora. O Dal 1947 é produzido com a uva Primitivo de vinhas velhas da década de 40, localizada em uma parcela demarcada da vinícola Vinosia, em Manduria, rebatizada hoje como “Terre di San Vincenzo”, que ganhou este nome em homenagem a Vicente, fundador da La Pastina e pai de Celso.

Da redação

Publicado em 19 de Outubro de 2017 às 16:01


Notícias

Artigo publicado nesta revista