Bordeaux 2009 En primeur histórico

"Esta safra tem o melhor potencial que já vi nos meus 32 anos de carreira", Robert Parker


Luna Garcia

O vinho inspira paixões nas pessoas há séculos. Isso é prova da capacidade de renovação da natureza e do trabalho dos homens. No caso da safra de 2009, a natureza ajudou muito no processo.

Quando estive em Bordeaux, em setembro de 2009 para acompanhar a colheita, vi muitos produtores sorrindo excessivamente, como se tivessem ganhado algum prêmio na loteria. Depois das notas de Robert Parker na última semana de abril, o sorriso daqueles produtores ficou mais do que justificado.

O mais influente crítico de vinhos do mundo classificou a safra como histórica e afirmou categoricamente: "Nas degustações que faço direto dos barris, esta safra tem o melhor potencial que já vi nos meus 32 anos de carreira". Em 2009, a média de pontos nos principais Châteaux chega a 96,7. Comparando com outras duas grandes safras nos últimos 10 anos, 2000 ficou com média de 96,2, e 2005 com 95. Além disso, 21 vinhos podem alcançar a tão sonhada nota RP 100, outro recorde histórico.

A Bolsa Eletrônica de Vinhos em Londres (Livex) fez uma pesquisa sobre a safra de 2009 entre seus 285 membros, composto pelos maiores comerciantes de vinho do mundo, e concluiu o seguinte:
1- Latour é o vinho da safra
2- Calon Ségur é o vinho com melhor custo x benefício
3- A média da safra ficou em 96 pontos
4- A previsão dos preços em 120% acima de 2008 e 6% acima de 2005

#Q#


21 vinhos da safra 2009 podem alcançar a nota máxima de Parker, o que seria um recorde. Será que ela vai superar a média de RP 97?

Condições ideais

As condições do tempo que fizeram desta uma safra histórica devemse principalmente pela primavera com temperaturas moderadas, um verão quente e seco, e a contínua exposição solar durante setembro até a colheita. Isso tornou a safra muito balanceada e uniforme, tanto nas margens esquerda e direita quanto em Sauternes, ficando bem similar às condições de 2005.

Alguns comentaram que a excessiva carga solar produziria vinhos muito alcoólicos, e que os Châteaux sentiram falta de chuva no verão. Nada que pudesse prejudicar a qualidade do vinhos, especialmente com um pouco de chuva que chegou no início de setembro e fez com que as uvas captassem a água necessária para atingir a maturação perfeita.

Mas até Parker descartou essa possibilidade: "comentários sobre o excesso de álcool são, em sua maioria, absurdos. Muitos dos vinhos em Médoc são mais alcoólicos que os de 2005, 2003 ou 2000, mas a média em 2009 fica entre 13,3% e 13,8%".

Por fim, segue a comparação de safras entre os produtores mais populares de Bordeaux, com destaque entre os anos de 2009 e 2000. Será 2009 uma safra capaz de romper a média de RP 97? Vamos ter que esperar pelo menos até 2012 para saber isso.

#Q#

#Q#

Mais informações: liv-ex.com e dpa@winestock.com.br
* cálculo feito pelo score médio

Douglas Andreghetti

Publicado em 13 de Maio de 2010 às 07:02


Enobusiness

Artigo publicado nesta revista