Mundo Vino

Hu Yue é o segundo vinho do Château Lafite Rothschild produzido na China


 

 

O segundo vinho do Long Dai, propriedade do Château Lafite Rothschild na China, é o Hu Yue. Trata-se de uma mistura de três variedades de uvas clássicas de Bordeaux: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot, além de Marselan e Syrah, todas provenientes do Vale Qiu Shan, na província de Shandong, nordeste da China. O vinho estagiou 12 meses em barricas de carvalho.

O lançamento aprofunda o compromisso do grupo em produzir vinhos de alta qualidade na China, depois de passar cerca de uma década testando e aperfeiçoando as operações de vinificação. O Hu Yue 2018 será a primeira safra no mercado, cada garrafa custando US$ 143.

LEIA MAIS

» Trevelin: a nova Indicação Geográfica da Argentina tem gelo no vinhedo e 17 horas de sol

» O sommelier começou como um condutor de animais de carga. Você sabia?

 

 

Olivier Trégoat, diretor técnico da Long Dai e de outras propriedades DBR Lafite, disse à revista Decanter:

"Para criar este segundo vinho, a equipe em Shandong escolheu cuidadosamente uma variedade de parcelas em nossos mais de 400 vinhedos. O objetivo é revelar um caráter profundamente aromático, repleto de frutas pretas com uma assinatura picante que diferencia este vinho do nosso grand vin".

O "Hu" do nome se refere a uma tábua de jade que era ferramenta importante nos tempos antigos, usadas pelos fazendeiros para orar por uma boa colheita. E "Yue" representa as cinco montanhas sagradas da China, remetendo ao Monte Dai, mencionado no nome da propriedade.

 

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 19 de Agosto de 2020 às 15:00


Notícias