Casas del Bosque parte da Cabernet Sauvignon e faz vinhos que vão além


Casas del Bosque é uma das vinícolas com mais prestígio no Vale de Casablanca, no Chile. É, sem dúvida, uma das mais belas e envolventes para se vitar em todo o país

Casas del Bosque fica no setor de Las Dichas, no Chile, onde seus vinhedos em colinas são refrescados pelas frias brisas do Pacífico. Foi fundada em 1993 pelo empresário chileno de ascendência italiana Juan Cúneo Solari, que manteve até hoje o caráter familiar da empresa. Baseando-se primeiro no Sauvignon Blanc, Casas del Bosque foi elaborando um portfólio de vinhos confiáveis e fiel ao potencial de sua origem. Além disso desenvolveram a parte turística, convertendo-se em um ponto de atração em Casablanca. Seu catálogo de vinhos se baseia nesse vale, mas é complementado com uvas de Rapel ou Maipo quando se trata de variedades que necessitam de mais calor, como Carménère e Cabernet Sauvignon. A vinícola tem 206 hectares de vinhedo. O enólogo é Meinard Jan Bloem.

 

LEIA MAIS:

» Enoturismo no Chile

» Dicas para aproveitar o melhor do vinho no Chile

 

Atualmente, a vinha tem 235 hectares plantados, dedicados exclusivamente à produção de variedades de clima frio, como Sauvignon Blanc, Chardonnay, Riesling, Pinot Noir e Syrah. Cabernet Sauvignon e Carménère, provenientes dos vales Maipo, Colchagua e Chachapoal

Devido ao investimento na mais avançada tecnologia vitícola e nas uvas de qualidade excepcional, a vinícola garante o alto padrão dos vinhos. O trabalho toma o cuidado de deixar nossas videiras crescerem com intervenção humana mínima e controla rigorosamente a produção e o tratamento das vinhas

› Para ver os melhores vinhos avaliados da Casas del Bosque, clique aqui

 

Da redação

Publicado em 18 de Abril de 2020 às 17:21


Notícias