Caso de amor dá origem a Château Pichon Longueville Comtesse de Lalande


Em 1689, Pierre Desmezures de Rauzan, o administrador das prestigiadas propriedades de Latour e Margaux, comprou lotes de videiras para criar o Enclos Rauzan, com as uvas que faziam parte do dote de sua filha Thérèse quando ela se casou com o barão Jacques Pichon de Longueville, em 1694, ano em que a propriedade de Pichon Baron foi fundada

 

Até 1850, a família Pichon Longueville administrou uma grande propriedade em Pauillac. Pouco depois, porém, as terras foram divididas entre os filhos dos Pichon, o que fez com que se formassem dois Châteaux Pichon Longueville, o Baron e o Comtesse de Lalande – nome dado graças a Marie-Laure Virginie, herdeira dos Pichon, quando se casou com Henri de Lalande e recebeu o título de condessa. A propriedade é vizinha do Château Latour, em Pauillac. Em 1855, foi classificada como Deuxième Cru.

De 1925 até 2006, o Château esteve com a família Miahle, que plantou muito Merlot – tanto lá quando em Palmer, outra propriedade deles – e faz com que Lalande tenha uma proporção dessa variedade muito superior aos outros vinhos do Médoc. Em 2006, Pichon Lalande foi adquirido pela família Rouzaud, que, entre outras propriedades, é dona da casa de Champagne Roederer.

 

LEIA MAIS

» Aos 50 anos, Nieto Senetiner se consagra como uma das maiores da Argentina

» Adega usa nova tecnologia e traz dados inéditos do mercado de vinhos

 

O terroir excepcional tem um clima marítimo, e sua proximidade com o estuário de Gironde confere maior suavidade, com as melhores condições reunidas para tornar a denominação de Pauillac a mais prestigiada dos vinhos de Bordeaux

 

Quando a fermentação está concluída e a bebida atinge um estado natural de equilíbrio, ela é envelhecida em barricas nas adegas, empilhadas a cada três ou quatro meses, quando se usa o método tradicional da vela para separar o vinho das borras

 

» Para ver os melhores vinhos avaliados do Château Pichon Longueville Comtesse de Lalande, clique aqui


 

Da redação

Publicado em 22 de Maio de 2020 às 12:00


Notícias