Chateau Montelena

Chateau Montelena reconhecido como local histórico nos EUA

Produtor de um dos vinhos do Julgamento de Paris, o centenário Chateau Montelena na Califórnia virou patrimônio histórico


Fachada Montelena

O Registro Nacional de Locais Históricos dos Estados Unidos reconheceu o Chateau Montelena, no vale do Napa, na Califórnia, como local de significado histórico para o país não apenas por ter sido um dos pioneiros na região - auxiliando a colocar no mapa vitivinícola do país o vale em questão - mas também pela sua participação no Julgamento de Paris, em 1976, fato que fez os olhos do Velho Mundo se voltarem com seriedade para os vinhos do Novo Mundo.

Foi no Chateau Montelena, fundado em 1882 em Calistoga, Vale do Napa, numa das regiões demarcadas (AVA) dos Estados Unidos, que foi feito o vinho Chardonnay 1973 (foto) que participou do Julgamento de Paris e saiu vencedor sobre 4 rótulos brancos da Borgonha e outros 5 da própria Califórnia.

Garrafa Chardonnay

No entanto, o homem responsável por restaurar a propriedade histórica e trazê-la para a frente do mundo do vinho americano, James L. Barrett (que comprou a propriedade em 1972 e decidiu fazer o Chardonnay 1973 quase por brincadeira, enquanto esperava a Cabernet Sauvignon amadurecer) não viveu para ver a conquista histórica da vinícola. Ele faleceu aos 86 anos em março deste ano (foto abaixo).

Jim Barrett

A vinícola, no entanto, segue em mãos familiares, pois seu filho mais velho, o enólogo Bo Barrett, segue como CEO do Chateau histórico.

sala degustação

 Leia mais sobre a Chardonnay!

Da redação

Publicado em 26 de Agosto de 2013 às 14:02


Notícias Chateau Montelena Napa California Jim Barrett Julgamento de Paris Chardonnay 1973