Granizo devasta videiras em Bordeaux

Em algumas sub regiões as perdas chegam a 80% das uvas


Bordeaux granizo

Enquanto os europeus estão aproveitando as férias de verão, bebendo vinho e cerveja, alguns dos produtores franceses de Bordeaux estão preocupados com a próxima safra.

As chuvas de granizo que vem assolando a região estão prejudicando imensamente as videiras. 

O Ministério da Agricultura da França declarou que algumas áreas de Entre-Deux-Mers em Bordeaux e de Bergerac no sudoeste do país chegaram a perder 80% de sua produção de uvas.

A Master Of Wine inglesa Jancis Robinson escreveu em seu portal que nos últimos 15 anos, nos quais vem reportando os acontecimentos do mundo do vinho de Bordeaux, ela nunca viu nada tão devastador como o que está acontecendo neste ano.

A primeira chuva forte de granizo atingiu a região no dia 26 de julho e a segunda, muito mais intensa, chegou na sexta-feira passada, dia 2 de agosto e em apenas 15 minutos devastou quase 30 mil hectares de vinhedos.

O Château Bonnet, de André Lurton, uma das importantes vinícolas da região, teve seus vinhedos completamente destruídos.

Patrick Vasseur, presidente do sindicato dos agricultores da região afimou numa entrevista para a revista Wine Spectator que os produtores de uvas da região, que já estavam endividados, terão muitos problemas para se reerguer: "Muitos deles não vão conseguir, as videiras não serão replantadas e toda a cadeia produtora será afetada, com menos vinho disponível para os negociantes".

semillon

Na imagem acima, os cachos de uva branca do produtor Despagne, perto da cidade de Branne, fotografados no último final de semana.

 

Da redação

Publicado em 8 de Agosto de 2013 às 16:13


Notícias Bordeaux granizo perdas entre deux mers