Harmonização

Harmonização de água com vinho

Dicas de como combinar vinho com água


A bebida ideal para acompanhar o vinho é a água. A ADEGA separou algumas dicas para não erra na hora de fazer essa combinação. Confira!

Vinhos brancos

Por serem mais leves e de aromas mais sutis, combinam muito bem com águas leves, sem gás e sem grande carga de minerais.

Vinhos tintos jovens de corpo leve

Podem ir bem com águas com ou sem gás, especialmente as minimamente ou levemente mineralizadas.

Rosés

Como são mais diversos em estilos, não há uma regra específica. Aqueles de intensidade maior e graduação alcoólica elevada podem ser combinados com águas mais “pesadas”, sejam elas com ou sem gás. Já os mais sutis vão bem com águas leves, para que seus aromas e frescor não sejam encobertos.

Vinhos tintos jovens

Por terem mais taninos, mais álcool e mais corpo, pedem uma água que o acompanhe, como é o caso das mineralizadas (com ou sem gás), que enfrentam bem os taninos.

Tintos especiais

Merecem uma acompanhante que não faça sombra à grandeza de seus sabores. Nesse caso, uma água leve e sem gás é a mais indicada.

Vinhos fortificados

São mais versáteis e podem ser combinados com praticamente todas as águas.

Espumantes

São indicados para as águas com ou sem gás, e de conteúdo mineral variado. Já os Champagne especiais necessitam de águas leves que não encubram suas sutilezas. Nesse caso, as águas levemente mineralizadas e sem gás são as mais indicadas.

Veja também:

Aprenda harmonizar água com vinho

+ Como fazer uma harmonização perfeita?

Harmonização com pratos típicos da Argentina

Da redação

Publicado em 14 de Junho de 2019 às 18:00


Notícias harmonização de vinho com água água como combinar vinho com água

Artigo publicado nesta revista