História de falsificador de vinhos vai virar documentário

Produção que vai contar história de Rudy Kurniawan, julgado no final do ano passado, deve estrear no fim deste ano


Kurniawan

Kurniawan é um dos maiores falsificadores de vinho

Para 2014, o cenário cinematográfico europeu está realizando as filmagens de um documentário sobre a ascensão e queda de um dos maiores falsificadores de vinho, o indonésio Rudy Kurniawan. Com produções em andamento no Reino Unido e França, filme intitulado “Sour Grapes” tem previsão de lançamento para o final deste ano.

De acordo com o diretor do longa metragem, Jerry Rothwell, que também participou do julgamento de Rudy, em Nova Iorque, em dezembro passado, o filme destina-se a “seguir os passos de Rudy em todo o mundo do vinho”. Segundo informações cedidas por Dogwoof, um dos distribuidores do documentário no Reino Unido, este mês já foram realizadas assinaturas para pré-venda da produção no país. “Ainda é cedo, mas há também planos para lançá-lo nos Estados Unidos”, completou.

Segundo Rothwell, o enólogo da Borgonha, Laurent Ponsot, abriu as portas de sua adega para as filmagens do documentário e tem participado ativamente das gravações. Ponsot teve alguns de seus vinhos, como o Clos de la Roche, falsificados por Rudy Kurniawan. Laurent prestou depoimento no tribunal, o que ajudou a realizar a prisão do criminoso, acusado de lucrar mais de US$1 milhão com a falsificação e venda de vinhos.

O filme, de acordo com Jerry Rothwell, é destinado para o público em geral, apesar de ser focado no vinho. “Todo mundo adora um golpe, e adora identificar qual o lado mais convincente da trama”, disse. Ao retratar a ascensão e a suposta ‘magia de adega’ de Kurniawan, o diretor pretende retratar uma ‘colisão de dois mundos’, com cenas que ilustram vinhedos da Borgonha rural e o aumento de bebedores de vinhos finos em Nova Iorque.

Da redação

Publicado em 12 de Fevereiro de 2014 às 09:00


Notícias Rudy Kurniawan documentário falsificação