Degustação

O melhor dos vinhos da Espanha e de Portugal

Testamos mais de 50 amostrar durante a World Wine Experience de 2017, veja as avaliações


Em abril de 2017, mais uma edição do World Wine Experience passou por São Paulo, dessa vez somente com vinhos espanhóis e portugueses. Durante o evento, os participantes tiveram oportunidade de degustar rótulos de 13 produtores do vasto portfólio da importadora.

Da Espanha estavam presentes Pere Ventura, Bodegas Borsao, Bodegas y Viñedos Ponce, Marqués de Murrieta, Vivanco e Bodega y Viñedos Valderiz. Já de Portugal, compareceram Herdade do Rocim, Quinta da Falorca, Vale da Ucha, CARM, Quinta do Pessegueiro, Quinta Vale Dona Maria e Weise & Krohn.

Durante essa agradável tarde de provas, ADEGA mais uma vez pôde atestar a diversidade, a consistência e a crescente qualidade dos vinhos desses dois países em diversas faixas de preço, justificando, nos últimos anos, o aumento do interesse e do consumo de rótulos espanhóis e portugueses pelos apreciadores brasileiros. Entre as mais de 50 amostras degustadas, fizemos uma seleção com nossos destaques. 

Confira os vinhos em destaque na World Wine Experience 2017:

AD 89 pontos

BORSAO GARNACHA 2013 

Bodegas Borsao, Campo de Borja, Espanha (World Wine R$ 75). Campo de Borja é uma D.O. localizada na província de Zaragoza e de onde vem as uvas 85% Garnacha, 10% Tempranillo e 5% Syrah, para elaborar este tinto sem passagem por madeira. Frutado, fresco e muito gostoso de beber, mostra ameixas e cerejas acompanhados de notas de violeta e leves toques especiados e minerais. Tem vibrante acidez, taninos de ótima textura e final persistente, com toques minerais e florais. Álcool 14%. EM 

AD 92 pontos

LA CASILLA 2013

Bodegas y Viñedos Ponce, Manchuela, Espanha (World Wine R$ 141). Ponce é uma pequena vinícola familiar e, respeitando os preceitos biodinâmicos, elabora esse tinto exclusivamente a partir de uvas Bobal, com estágio de 10 meses em barricas usadas de carvalho francês. Muito equilibrado, impressiona pela ótima textura de taninos e pela acidez refrescante, que envolvem e sustentam suas frutas negras maduras. Depois aparecem notas florais, defumadas, de especiarias e de tabaco. Seu final é cheio e longo, com toques de grafite. Álcool 14%. EM

AD 92 pontos

QUINTA DA FALORCA T-NAC 2008 

Quinta da Falorca, Dão, Portugal (World Wine R$ 174). Tinto elaborado exclusivamente a partir de Touriga Nacional, com estágio de 50% do vinho em barricas novas de carvalho francês. Mostra aromas de frutas vermelhas e negras envoltas por agradáveis notas florais, de ervas frescas e de especiarias, que se confirmam no palato. Estruturado e austero, tem taninos de excelente textura, acidez refrescante e final profundo, com toques minerais. Álcool 14%. EM 

AD 91 pontos

QUINTA DO PESSEGUEIRO ALUZÉ 2011

Quinta do Pessegueiro, Douro, Portugal (World Wine R$ 121). Tinto composto de 50% Touriga Nacional, 30% Touriga Franca e 20% Vinhas Velhas, com estágio de 12 meses em balseiros de carvalho francês e austríaco. Mostra cassis e ameixas maduras envoltas por notas florais, terrosas, de ervas e de especiarias. Equilibrado e cheio de fruta, tem acidez vibrante, taninos de grãos finos e final persistente, com toques minerais, que transmitem uma maior sensação de tensão e de frescor. Álcool 13,5%. EM  

Da redação

Publicado em 13 de Janeiro de 2019 às 11:00


Notícias World Wine Experience Vinhos Portugueses Vinhos Espanhóis BORSAO GARNACHA 2013 LA CASILLA 2013 QUINTA DA FALORCA T-NAC 2008